terça-feira, 30 de abril de 2013

Latam anuncia aumento de capital de US$ 1 bilhão A Latam, maior companhia aérea da América Latina em termos de valor de mercado, nasceu em junho, após a fusão da chilena LAN com a brasileira TAM




Latam anuncia aumento de capital de US$ 1 bilhão

A Latam, maior companhia aérea da América Latina em termos de valor de mercado, nasceu em junho, após a fusão da chilena LAN com a brasileira TAM

Santiago - A Latam Airlines anunciou nesta terça-feira um aumento de capital de US$ 1 bilhão para financiar seu plano de investimento e fortalecer seu balanço, conforme fato relevante divulgado pela empresa.
Nesta segunda-feira (29), o presidente do conselho administrativo da Latam, Mauricio Rolim Amaro, mencionou o aumento de capital durante a assembleia geral da empresa.
A Latam, maior companhia aérea da América Latina em termos de valor de mercado, nasceu em junho, após a fusão da chilena LAN com a brasileira TAM.
Antes da fusão, a LAN tinha o grau de investimento, que ajuda as empresas a conseguirem financiamentos mais baratos. Com o aumento de capital, a companhia pretende elevar seu rating para atingir grau de investimento.
A companhia tem estudado um aumento de capital desde a fusão. Em agosto do ano passado, o diretor-financeiro da Latam, Alejandro de la Fuente, havia dito que a operação poderia ser realizada no segundo trimestre deste ano.
A empresa teve lucro líquido de US$ 11 milhões em 2012. O Comitê da Latam convocou uma reunião de acionistas para o dia 11 de junho para votar o aumento de capital. As informações são da Dow Jones.

Dilma reitera subsídio para passagens em voos regionais



Dilma reitera subsídio para passagens em voos regionais

DA AGÊNCIA BRASIL

A presidenta Dilma Rousseff reafirmou hoje que o governo vai subsidiar passagens aéreas em voos regionais para que os preços se tornem competitivos e estimulem a movimentação de passageiros nessa modalidade. A medida faz parte do pacote para aviação regional, lançado em dezembro do ano passado pelo governo.

“Vamos subsidiar assentos nos aviões para que eles se tornem competitivos, ou seja, nós pagamos a diferença entre a passagem de ônibus e o preço médio da passagem de aviação. Para aviões regionais, nós vamos bancar”, disse a presidente em discurso durante uma visita em Campo Grande.

Além do subsídio nos bilhetes, os terminais com movimentação anual inferior a 1 milhão de passageiros terão isenção de tarifas aeroportuárias e aeronáuticas para aumentar a competitividade. O subsídio nas passagens será aplicado aplicado no caso de aeronaves com pelo menos 50% dos assentos efetivamente ocupados e será limitado a 60 assentos, conforme informações dadas pela Secretaria de Aviação Civil na época do lançamento do pacote.

A presidente disse que os aeroportos regionais do País serão ”melhorados, modernizados e reequipados”, com melhoria e ampliação da infraestrutura atual. “Vamos padronizar o aeroporto regional no Brasil: ele vai ter um terminal de passageiros, uma pista e pátio, vai ter uma característica com equipamentos para permitir pousos e decolagem de jatos em alguns”, detalhou.

A Iberia amplia seu codeshare com a russa S7 ao incorporarnovo destino.





A Iberia amplia seu codeshare com a russa S7 ao incorporarnovo destino.
espanhola Iberia e a russa S7 (Siberian Airlines) ampliaram seu acordo de codeshare incorporando um novo destino à malha de rotas da Iberia: a cidade russa de Ekaterimburgo, para a qual se poderá voar via Moscou. O primeiro trecho do percurso, Madri-Moscou, será operado pela Iberia e o segundo, Moscou-Ekaterimburgo, pela S7, ambos com aeronaves Airbus A319. A cidade de Ekaterimburgo é a quarta mais populosa da Rússia, com 2 milhões de habitantes e fica no centro do país, na parte oriental da cordilheira dos Urais. Seu aeroporto, Koltsovo, é o terceiro mais movimentado do país - em 2012 registrou um fluxo de 3,7 milhões de passageiros.

A ATR recebeu a certificação da FAA para suas aeronaves 42-600 e 72-600






A ATR recebeu a certificação da FAA para suas aeronaves 42-600 e 72-600
A fabricante de aeronaves ATR recebeu a certificação da norte-americana FAA - Federal Aviation Administration para seus modelos turboprop 42-600 e 72-600. A companhia recebeu a certificação da EASA - European Aviation Safety Agency para o ATR 72-600 em 2011 e para o ATR 42-600 no ano passado. O CEO da ATR, Filippo Bagnato, disse que “obter essa nova certificação nos permitirá expandir a presença comercial e operacional de nossa família de aeronaves”. Desde que o programa dos dois modelos de aviões foi lançado em outubro de 2007, a ATR disse que recebeu ordens de compra para mais de 300 unidades dessa nova série de aeronaves.

Lucro da Embraer cai 67% e soma R$ 62,6 mi no 1º tri


Lucro da Embraer cai 67% e soma R$ 62,6 mi no 1º tri

O lucro líquido atribuído aos acionistas no período caiu para um total de R$ 61,7 milhões


São Paulo - A Embraer reportou, na noite desta segunda-feira, 29, lucro líquido de R$ 62,6 milhões no primeiro trimestre, o que representa uma queda de 66,9% em relação aos R$ 189,3 milhões nos três primeiros meses de 2012.
O lucro líquido atribuído aos acionistas no período caiu para um total de R$ 61,7 milhões.
O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Embraer recuou 24% de janeiro a março deste ano, para R$ 200,8 milhões. A margem Ebitda passou de 12,9% no primeiro trimestre de 2012 para 9,3% em igual período deste ano.
A margem operacional (margem Ebit) recuou para 3,7%, de 7,5% no início do ano passado.

S&P reafirma rating e mantém revisão negativa da GOL


S&P reafirma rating e mantém revisão negativa da GOL

A Standard & Poor's reafirmou o rating em B e manteve a revisão para possível rebaixamento, após a conclusão da IPO da Smiles, na qual a GOL tem uma fatia de 60%


São Paulo - A agência de classificação de risco Standard & Poor's reafirmou nesta segunda-feira, 29, o rating da GOL Linhas Aéreas Inteligentes em B, e manteve a companhia em revisão para possível rebaixamento, após a conclusão da oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da Smiles, na qual a GOL tem uma fatia de 60%.

"Nós considerávamos a liquidez da GOL como sua maior vantagem no curto prazo, já que permite à companhia lidar com o fluxo de caixa operacional livre negativo, enquanto implementa medidas para melhorar sua estrutura de custos e operações. O anúncio do bem-sucedido IPO, cujos recursos devem ser transferidos para a GOL como um pré-pagamento por passagens aéreas que serão emitidas pelo programa de milhas no futuro, é um desenvolvimento de liquidez positivo", diz a S&P em comunicado.
A agência lembra que a GOL também anunciou a venda de um pacote de milhas por R$ 400 milhões para o Banco do Brasil, Bradesco e Santander, "o que vai fortalecer sua liquidez".
"Nós acreditamos que as reservas totais de R$ 1,5 bilhão com essas duas transações vão dar mais flexibilidade para que a GOL continue trabalhando na sua reformulação operacional."
Entretanto, esses desdobramentos positivos não foram suficientes para tirar a GOL da revisão negativa. "Nós esperamos resolver essa análise com a completa revisão das nossas projeções para a GOL em 2013 e 2014, levando em conta os esforços da companhia para melhorar a utilização da capacidade, otimizar o consumo de combustível e recuperar o fluxo de caixa". As informações são da Dow Jones.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Embraer vende 30 jatos para a United Airlines


Embraer vende 30 jatos para a United Airlines





A Embraer anunciou nesta segunda-feira a venda de 30 jatos Embraer 175 para a companhia United Airlines com uma opção de compra para mais 40 do mesmo modelo


São Paulo - A Embraer anunciou nesta segunda-feira a venda de 30 jatos Embraer 175 para a companhia United Airlines com uma opção de compra para mais 40 aeronaves do mesmo modelo. Se todas as opções forem exercidas, a encomenda combinada tem um valor estimado de US$ 2,9 bilhões. De acordo com a Embraer, os aviões serão operados sob a marca United Express e serão configurados com 76 assentos. A primeira entrega está prevista para o primeiro trimestre de 2014.

"O E175 tem provado ser o melhor avião para o mercado regional dos EUA para os próximos anos", disse o presidente da Embraer, Paulo Cesar Silva, em comunicado


São Paulo - O presidente da Embraer Aviação Comercial, Paulo Cesar Silva, disse que a nova venda de jatos para a United Airlines reforça uma parceria de longa data com a companhia aérea e mostra que a estratégia da fabricante de aeronaves para o E-jet está "no caminho correto". "O E175 tem provado ser o melhor avião para o mercado regional dos EUA para os próximos anos", afirmou o executivo em comunicado, divulgado na noite desta segunda-feira, 29, pela Embraer.

A empresa brasileira fechou a venda de 30 jatos Embraer 175 para a United Airlines, que tem a opção de encomendar mais 40 aeronaves do mesmo modelo. Ao todo, se exercida a opção dos 70 aviões, o pedido totalizará US$ 2,9 bilhões. As entregas estão previstas para começar no primeiro trimestre de 2014.
No mesmo comunicado, o vice-presidente da United, Jim Compton, disse que "espera ansiosamente" a introdução dos E175 nos serviços da United Express. "Comparado aos aviões de 50 lugares que estamos substituindo, estas aeronaves proporcionarão uma experiência superior ao passageiro e mais eficiência no consumo de combustível", afirmou.
Acessória de imprensa Embraer 

Air France colocará A380 na rota Paris–Xangai


Air France colocará A380 na rota Paris–Xangai

Air France vai começar a voar três vezes por semana entre Paris, na França, e a cidade chinesa de Xangai com o Airbus A380 a partir de 2 de setembro, oferecendo então 516 lugares em quatro classes: a Première, com nove lugares, a Business, com 80, a Premium Economy, com 38, e a Econômica, com 389.

Xangai é um dos seis destinos para onde os oito Airbus A380 da Air France vão voar em setembro, juntamente com Nova York (JFK), Washington e Los Angeles (Estados Unidos), Joanesburgo (África do Sul) e Tóquio-Narita (Japão), todos uma vez por dia.

Air France e a KLM realizam 93 voos por semana entre Paris Charles de Gaulle e Amesterdã Schiphol e Pequim, Xangai, Hong Kong, Cantão, Chengdu, Hangzhou, Wuhan e Xiamen (China) e Taipé (Taiwan).



Tam terá B777 nos voos entre Brasil e França



Tam terá B777 nos voos entre Brasil e França

A Tam anunciou a chegada de mais duas novas aeronaves Boeing 777 em sua frota. A partir do dia 20 de agosto, os novos equipamentos serão utilizados na rota São Paulo-Paris-São Paulo. Com isso, o número de assentos oferecidos por voo saltará de 223 para 363, um incremento de 63% em relação à aeronave Airbus 330, que atualmente é utilizada nesses trechos.

A companhia já possui outros oito aviões B777, que voam para Frankfurt (Alemanha), Londres (Inglaterra), Nova York, Miami (Estados Unidos) e Santiago (Chile).



assessoria de imprensa 

Ações da Smiles sobem 9,2% em estreia na bolsa


Ações da Smiles sobem 9,2% em estreia na bolsa

Em forte alta, os papéis, que foram precificados em R$21,70, são negociados a R$23,70


São Paulo - As ações da Smiles (SMLE3), empresa de fidelidade da Gol, estão em forte alta em seu primeiro dia de negociação na Bovespa. Na máxima do dia, os papeis chegaram a subir 9,2%, negociados a 23,70 reais. 
Na última quinta-feira, as ações da empresa foram precificadas a 21,70 reais, dentro do intervalo esperado pelos coordenadores da operação (20,70 reais e 25,80 reais). Com isso, a operação girou 1,132 bilhão de reais.
As ações são negociadas no Novo Mercado, mais alto nível de governança corporativa da bolsa. 
Foram colocadas a disposição do mercado 38,6 milhões de ações ordinárias no lote inicial.
A oferta ainda prevê lotes suplementar e adicional reunindo até 13,5 milhões de ações. Todos os lotes foram vendidos.
A empresa é uma alternativa na bolsa ao programa de fidelidade da TAM, a Multiplus (MPLU3). O BB Seguridade (BBSE3também realizou a sua oferta de ações nesta manhã.
Veja os dois IPOs que marcaram a retomada das ofertas nesta segunda-feira:



Ações da Smiles sobem 9,2% em estreia na bolsa

Air India deve retomar voos do Boeing 787 no fim de maio




Air India deve retomar voos do Boeing 787 no fim de maio

A medida deverá ajudar a intensificar os esforços da companhia aérea para reverter as suas perdas


Nova Délhi - A Air India espera retomar os voos de passageiros de seus seis jatos Boeings 787 até o fim de maio, afirmou um executivo da companhia nesta segunda-feira, 29. A medida deverá ajudar a intensificar os esforços da companhia aérea para reverter as suas perdas.

"Uma equipe da Boeing viajará para a Índia (terça-feira) para recolocar o novo sistema de bateria", disse o executivo, que não quis ser identificado. "As duas primeiras aeronaves devem ter o novo sistema montado até 10 de maio."

O processo para retomar os voos envolverá também o treinamento de pilotos da Air India porque os jatos estão em solo desde meados de janeiro, disse um funcionário do Ministério de Aviação Civil, em um movimento que poderá prolongar o tempo necessário para a retomada das operações da aeronave na Índia.

O funcionário disse que os 787 deverão passar por voos testes antes de receberem certificação pelo órgão regulador de aviação civil da Índia para que retomem o serviço comercial.

A Air India está entre as oito empresas operadoras das aeronaves Dreamliner que interromperam os voos de um total de 50 aviões 787 após problemas com baterias em duas das aeronaves operadas pela All Nippon Airways e Japan Airlines Co., provocando preocupações de segurança.

A Administração Federal de Aviação dos EUA aprovou o novo design do sistema de baterias em 19 de abril, permitindo que as companhias começassem a modificar seus aviões. As informações são da Dow Jones.

Lan amplia entretenimento a bordo de seus voos



Lan amplia entretenimento a bordo de seus voos  


A Lan ampliou ainda mais suas opções de entretenimento nas aeronaves Boeing 767, Boeing 787 e Airbus A340. Agora, os passageiros poderão assistir a 110 filmes durante as viagens para Alemanha (Frankfurt), Austrália (Sydney), Chile (apenas Ilha de Páscoa), Espanha (Madri), Estados Unidos (Los Angeles, Nova York e São Francisco), México (Cancun e Cidade do México), Nova Zelândia (Auckland),Taiti (Papeete) e também em algumas rotas dentro da América do Sul.

A programação de bordo da companhia, antes composta por 45 títulos, conta com oito sucessos de bilheteria dos últimos meses, 12 estreias por mês, dez das melhores obras cinematográficas latino-americanas, além de 80 clássicos. O sistema de entretenimento também oferece três temporadas completas de séries de televisão atualizadas a cada seis meses, 42 canais de TV, mais de mil CDs de música (dez novos por mês), dez canais de áudio exclusivos e 25 jogos.
“Os estudos que realizamos apontam que o mais apreciado pelos passageiros são os filmes, especialmente os lançamentos. Por isso, investimos no aumento considerável de nossa seleção a bordo. Escolhemos as melhores séries de televisão para nossos clientes, como a popular The Newsroom, cuja primeira temporada é oferecida na íntegra”, diz Fernanda Toro, gerente de Experiência de Viagem da LAN.

“Ter bons critérios de seleção é essencial para atender às expectativas dos clientes. Estamos satisfeitos com a nossa programação, que contempla oito filmes indicados ao Oscar 2013, entre eles ‘O Lado Bom da Vida’, ‘A Vida de Pi’, ‘Les Misérables’, ‘Argo’ e ‘Amour’”, completa Toro.  Para escolher o conteúdo, a Lan conta com a assessoria do crítico de cinema Ernesto Ayala, que já trabalha para a companhia há cinco anos. “Nossa principal preocupação é ter um mix que combine dois critérios: qualidade e diversidade, da melhor maneira possível. Estamos interessados em filmes de qualidade e em lançamentos que sejam atraentes para todos os passageiros. Assim, nós oferecemos mensalmente as melhores comédias, dramas, romances, filmes de ações e independentes”, afirma Ayala.

Smiles abre capital e ações são negociadas na Bolsa de Valores




Smiles abre capital e ações são negociadas na Bolsa de Valores  


oi concluído na manhã de hoje o processo de abertura de capital da Smiles S.A, que passou a ter ações negociadas na BM&F Bovespa no Novo Mercado. “Estamos felizes por concluirmos o IPO, pois este é um momento muito importante para a companhia” declarou o presidente da empresa, Leonel Andrade.

domingo, 28 de abril de 2013

Privatização do Galeão pode render R$ 8 bilhões


Privatização do Galeão pode render R$ 8 bilhões

A principal obra prevista na concessão do Galeão é a construção de uma terceira pista para pousos e decolagens

Brasília - Uma solução de engenharia proposta para o Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, pode aumentar em até R$ 5 bilhões a rentabilidade do investimento nos 30 anos da concessão que o governo pretende leiloar em setembro deste ano. Um dos estudos que a Secretaria de Aviação Civil (SAC) vai considerar para montar o edital para a privatização do aeroporto promete uma economia gigantesca com desapropriações e compensações ambientais.

A principal obra prevista na concessão do Galeão é a construção de uma terceira pista para pousos e decolagens, que estava projetada para ser construída às margens da Baía de Guanabara. A obra, da forma como constava no plano diretor do aeroporto, teria grande impacto ambiental e atingiria a comunidade de Tubiacanga, na Ilha do Governador, e o bairro Portuguesa, do Rio de Janeiro, impactando cerca de 1.500 famílias.

Mas uma das responsáveis pelo estudo referencial, a IQS Engenharia, encontrou uma maneira de "encaixar" a nova pista na área do aeroporto, evitando os custos ambientais e com a desapropriação de terrenos e remoção dos moradores. "Além do fato da Baía da Guanabara ser tombada e não permitir novos aterramentos, os moradores daquela área já foram deslocados uma vez e teriam que se mudar novamente", diz o sócio da IQS, Guilherme Machado.

Outorga. De acordo com os estudos da empresa, com a economia gerada pela nova proposta, o governo poderá cobrar uma outorga mínima de até R$ 8 bilhões pelo aeroporto do Galeão, contra uma estimativa inicial de R$ 3 bilhões.

Estadão

sábado, 27 de abril de 2013

Gol reduz tarifas de passagens aéreas para este fim de semana



Gol reduz tarifas de passagens aéreas para este fim de semana  

27/04 - 11:04

A Gol anunciou passagens com tarifas reduzidas para este fim de semana. A promoção vai até as 8h de segunda-feira (29/04) e possibilita a compra de passagens aéreas a partir de R$ 89 para trechos domésticos e internacionais.

Os bilhetes estão sujeitos à disponibilidade de assentos nas aeronaves. Mais informações no site da companhia. www.voegol.com.br

Boeing 787 faz primeiros voo após 3 meses de proibição


Boeing 787 faz primeiros voo após 3 meses de proibição

A Agência Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA, na sigla em inglês) acabou na quinta-feira com a proibição de voo para as aeronaves





Passageiros embarcam no Boeing 787 Dreamliner da Ethiopian Airlines
Adis abeba - A Ethiopian Airlines utilizou neste sábado um Boeing 787 Dreamliner, em uma viagem comercial entre Adis Abeba e Nairóbi, após três meses proibição mundial de voo imposto ao modelo de aeronave por problemas técnicos.
A Agência Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA, na sigla em inglês) acabou na quinta-feira com a proibição de voo para as aeronaves, que estava em vigor desde 16 de janeiro por dois graves casos de aquecimento do sistema de baterias de lítio.
O avião deve retornar a Adis Abeba, a 1.160 km da capital queniana, ainda neste sábado.





SATA garante que não está a aplicar faltas injustificadas a grevistas



SATA garante que não está a aplicar faltas injustificadas a grevistas


A transportadora aérea açoriana SATA garantiu hoje que "não está a aplicar faltas injustificadas" aos trabalhadores que fazem greve, rejeitando acusações neste sentido denunciadas pelo Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC).
Em declarações à Lusa, José Gamboa, porta-voz da SATA, sublinhou que a situação denunciada pelo sindicato "não corresponde à verdade".
"A empresa não está a aplicar faltas injustificadas. O que está a fazer é que todos os trabalhadores que não se apresentam ao trabalho têm falta que é justificada como sendo por greve", sustentou.
Num comunicado emitido hoje o SNPVAC acusou a administração da transportadora aérea açoriana de "estar a marcar faltas injustificadas" aos trabalhadores que fazem greve, numa "violação gravíssima de um direito constitucional".
"Chegou ao nosso conhecimento que a SATA está a marcar faltas injustificadas a colegas nomeados para assistência. Esta atitude injustificada por parte da SATA colide com o direito constitucional que todos temos à greve", referiu o presidente do sindicato, Rui Luís, no mesmo comunicado.
O porta-voz da SATA voltou a frisar que a companhia "convocou trabalhadores para se apresentarem ao trabalho: os que não se apresentaram estão em greve e os que se apresentaram não estão".
Cinco sindicatos convocaram a greve na SATA para 23, 24 e 25 de abril e para 02, 03 e 04 de maio, uma paralisação que coincide com o rali dos Açores e as festas do Santo Cristo, na ilha de São Miguel.
A greve foi convocada contra a não aplicação na SATA de um acordo que os mesmos sindicatos assinaram com a administração da TAP com vista a evitar cortes salariais entre os 3,5% e os 10% previstos no Orçamento do Estado de 2013.

Conheça a Map linhas aéreas




A Map Linhas Aéreas (Manaus Aerotáxi Participações) é uma empresa aérea brasileira sediada em Manaus - AM na região norte do Brasil, subsidiária da Manaus Aerotáxi, usam aeronaves modelo ATR 42, com capacidade de 46 passageiros. Entrou em operação no dia 04/03/20131 2 , pretende voar para todo oeste
 amazônico e Amazônia Legal.

AeronavesFrotaPedidosPassageiros
ATR-422246
ATR-720272

www.voemap.com.br




 



Veja o Vídeo abaixo

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Promoção final de semana Avianca

Fim de semana é sempre recheado de coisas boas.


www.avianca.com.br

Aerolíneas terá promoção no Brasil a partir deste sábado (27)


Aerolíneas terá promoção no Brasil a partir deste sábado (27) 


A Aerolíneas Argentinas inicia neste sábado (27) promoção para voos entre aeroportos brasileiros e Buenos Aires, com a compra de bilhetes de ida e volta convertendo-se em viagens para 20 destinos no país.

Esta promoção é valida para passagens com partidas dos aeroportos de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre. Apenas o destino patagônia terá taxa de aquisição, fixada em US$ 50.

Temporada de neve – A partir do dia 1º de junho, a companhia realizará 34 voos diários de Buenos Aires para os centros de esqui no país, em Bariloche, El Calafete, Menzoda, Esquel, Chapelco, Ushuaia e Neuwuen, com conexões nos aeroportos de Ezeiza e Aeroparque.

Sindicato ameaça companhia aérea Lufthansa com novas greves


Sindicato ameaça companhia aérea Lufthansa com novas greves

Nova rodada de greves deve ocorrer se empresa aérea não conseguir apresentar uma oferta melhor de aumento salarial quando as negociações forem retomadas

Frankfurt- Um sindicato alemão ameaçou a Lufthansa com outra rodada de greves se a empresa aérea não conseguir apresentar uma oferta melhor de aumento salarial quando as negociações forem retomadas na próxima semana.
"Se a Lufthansa continuar se recusando a apresentar uma oferta negociável que assegure empregos e aumente salários apropriadamente, haverá mais greves", disse Christine Behle, do sindicato Verdi, nesta sexta-feira.
Em 22 de abril, os voos da Lufthansa foram virtualmente cancelados por uma segunda greve em um mês após o Verdi rejeitar uma oferta melhorada feita pela empresa aérea. Analistas estimam que a parada gerou custos acima de 15 milhões de euros para a Lufthansa.
O Verdi tem exigido um aumento salarial de 5,2 % em 12 meses e de garantias de emprego para cerca de 33 mil funcionários, incluindo tripulantes e pessoal de terra, da Lufthansa Cargo, Lufthansa Technik, Lufthansa Systems e LSG Sky Chefs.
A Lufthansa argumenta que precisa cortar custos para enfrentar a concorrência e lidas com preços mais elevados de combustíveis. A companhia está cortando 3.500 empregos em todo o mundo como parte de um programa para aumentar o lucro operacional para 2,3 bilhões de euros até 2015.

Airbus fecha acordo para 60 jatos com a China



Airbus fecha acordo para 60 jatos com a China

A China Aviation Supplies Holding Company (CAS) assinou um acordo de termos gerais com a fabricante de aviões Airbus para a compra de 60 aeronaves, incluindo 42 aparelhos da Família A320 e 18 de fuselagem larga A330. Até o final de março último, havia cerca de 750 aeronaves da Família A320 voando com 14 companhias aéreas chinesas e mais de 110 jatos A330 em operação com seis operadores.
 

SAA tem novo code-share, agora com Air Seychelles




SAA tem novo code-share, agora com Air Seychelles


Depois do anúncio do code-share com a indiana Jet Airways, na semana passada, a South African Airways (SAA) comunicou hoje novo acordo de código compartilhado, agora com a Air Seychelles, da República de Seychelles. Na primeira fase do acordo, a SAA colocará o seu código "SA" em voos operados pela Air Seychelles entre Joanesburgo e Seychelles. A SAA também colocará o código nos voos entre as duas maiores ilhas de Seychelles, Mahé e Praslin. O acordo ainda está sujeito à aprovação governamental.

Na segunda etapa da parceria, as duas empresas aéreas trabalharão para a expansão do acordo a fim de incluir o código da Air Seychelles "HM" em voos da SAA entre Joanesburgo e diversos destinos na África do Sul. As vendas de passagens estarão disponíveis a partir de segunda-feira, dia 29, para viagens a partir de terça-feira, dia 30.

O vice-presidente comercial da SAA, Manoj Papa, disse que a parceria indica movimento estratégico das duas empresas para aumentar a conectividade e ampliar as malhas aéreas de ambas. “Isso também incrementa a presença já significativa da SAA no continente africano. Atualmente, a SAA voa diretamente para 26 destinos em toda a África a partir do hub de Joanesburgo”, completou. 

Avião cai em avenida de Belém e deixa dois mortos e cinco feridos


Avião cai em avenida de Belém e deixa dois mortos e cinco feridos










Duas pessoas morreram e cinco ficaram gravemente feridas na queda de um avião de pequeno porte da empresa Brabo Táxi Aéreo. Segundo o Corpo de Bombeiros, o avião teve problemas e tentou um pouso forçado por volta das 9h20 desta sexta-feira (26), na avenida Júlio César, uma das mais movimentadas de Belém e acesso ao aeroporto da região.
Segundo os bombeiros, o acidente ocorreu próximo ao elevado Daniel Berg, a menos de 1 km do quartel do Corpo de Bombeiros. Não houve explosão. As primeiras informações dão conta de que morreram o piloto e uma mulher de aproximadamente 60 anos.
Cinco pessoas foram socorridas com vida, com ferimentos graves, e levadas para o Hospital Metropolitano. Por conta do acidente, o trânsito no local está parcialmente interrompido. Ainda não há informações sobre o que teria acarretado o acidente.
Segundo a Infraero, a aeronave que caiu era modelo Caravan 210 e estava com pouso previsto para às 9h14 no aeroporto Brigadeiro Protásio de Oliveira, em Belém, e não teria feito contato para informar sobre problemas. A aeronave partiu da Fazenda Santo Ambrósio, em Chaves, na Ilha de Marajó com sete pessoas a bordo.

Japonesa ANA fará voo teste com Dreamliner no domingo



Japonesa ANA fará voo teste com Dreamliner no domingo

Companhia aérea irá realizar um voo teste após incidentes pelo superaquecimento das baterias que paralisaram os voos da aeronave


Companhia aérea irá realizar um voo teste após incidentes pelo superaquecimento das baterias que paralisaram os voos da aeronave


Tóquio - A companhia aérea japonesa All Nippon Airways irá realizar um voo teste com o 787 Dreamliner da Boeing no domingo, enquanto se prepara para retomar voos com passageiros no avião que foi paralisado em todo o mundo, após incidentes pelo superaquecimento das baterias.
O voo teste da ANA, principal cliente do Dreamliner, vai ocorrer depois que as autoridades norte-americanas e japonesas deram aprovação para a retomada dos voos, e será o primeiro de cerca de 230 que a companhia aérea planejou, antes de permitir que o jato transporte passageiros.
O presidente-executivo de Aviões Comerciais da Boeing, Ray Connor, e o CEO do Grupo ANA, Shinichiro Ito, estarão a bordo do voo de domingo.
A ANA ainda deve decidir quando os voos comerciais irão reiniciar, afirmou o presidente Osamu Shinobe, mas reiterou que o Dreamliner continuaria como parte essencial de sua estratégia de frota.
Eu acredito que a segurança foi assegurada agora, mas apenas fazendo o 787 voar sem problemas que seremos capazes de demonstrar a sua segurança e tranquilizar os nossos passageiros", disse o vice-presidente executivo sênior, Hiroyuki Ito, a jornalistas.
A rival local Japan Airlines disse que iria começar o seu próprio programa de testes a partir de maio, com o objetivo de voltar a usar os aviões para transportar passageiros a partir de junho.
"Nós tivemos esse problema com o 787, mas é um excelente avião", afirmou o presidente da JAL, Yoshiharu Ueki, a repórteres. A companhia tem sete aviões Dreamliner.
No sábado, a Boeing vai realizar uma coletiva de imprensa em Tóquio. O engenheiro-chefe do projeto da Boeing para o 787, Mike Sinnett, deve fazer o esclarecimento à mídia.
A Ethiopian Airlines deve ser a primeira companhia aérea do mundo a retomar os voos com o Dreamliner, com um voo comercial programado para o sábado ao vizinho Quênia, informaram duas fontes da companhia aérea à Reuters, na quarta-feira.
A ANA, que possui 17 jatos Dreamliner, não divulgou quanto a paralisação dos aviões custou à empresa, embora tenha dito que estava perdendo 868.300 dólares em receita por avião nas duas últimas semanas de janeiro.

LEGACY 650 DA EMBRAER É CERTIFICADO NA INDONÉSIA


Legacy 650 da Embraer é certificado na Indonésia


 A Direção Geral de Aviação Civil da Indonésia expediu Certificação de Tipo para o jato executivo Legacy 650, da Embraer, abrindo caminho para que a operadora local de táxi aéreo Premiair coloque a aeronave em operação.

“Com
a certificação do Legacy 650 na Indonésia, todas as aeronaves executivas da Embraer em operação estão agora certificadas no país”, disse José Eduardo Costas, Diretor de Vendas da Embraer – Aviação Executiva, na Ásia-Pacífico. “A Premiair, nosso maior cliente na região, está adicionando dois Legacy 650 à sua frota, sendo um novo.”

Esta é uma grande aquisição para nossa frota e oferece aos nossos clientes a flexibilidade do voo de longo alcance”, disse Ari D. Singgih, Diretor da Premiair. “Nós temos agora a frota mais nova da Indonésia e a maior frota de jatos executivos da Embraer no país, graças a uma grande parceria. Esses jatos são perfeitamente adequados para a Indonésia, com 17 mil ilhas espalhadas por mais de 5.500 km de leste a oeste. Com uma taxa de crescimento econômico anual de mais de 5%, esperamos expandir nosso negócio com o acréscimo do Legacy 650.”

Os clientes da Indonésia têm reconhecido o conforto, tecnologia e desempenho dos jatos executivos da Embraer. São 12 aeronaves em operação entre Phenom 300, Legacy 600 e Lineage 1000, o que representa um terço da frota local deste segmento. A aeronave mais popular é o Legacy 600, com sete unidades. Com a chegada dos jatos Legacy 650, a Premiair vai ampliar sua frota de aeronaves Embraer para oito. A certificação da aeronave pela autoridade local ocorreu no dia 27 de março.

O interior do Legacy 650 conta com um sofisticado isolamento acústico, além do avançado sistema de gerenciamento de cabine Honeywell Ovation Select. O jato mantém todos os atributos do Legacy 600, incluindo três zonas de cabine, mais do que a média dos jatos da categoria mid-size, o dobro do espaço das aeronaves super mid-size e é o maior da categoria large. Ele também oferece o maior lavatório da categoria, bem como o maior compartimento de bagagem acessível em voo.

O Legacy
650 entrou em operação no final de 2010 e acomoda até 14 passageiros. O alcance de voo do jato é de 7.223 km (3.900 milhas náuticas), o que permite voos sem escala, a partir de Jacarta, para Beijing, Tóquio, 

Clientes brasileiros da TAM que pagaram mais caro por passagens terão reembolso


Clientes brasileiros da TAM que pagaram mais caro por passagens terão reembolso


A empresa foi acusada de vender bilhetes de um mesmo voo, no site em português, bem mais caras que o cobrado em site internacional


Clientes da TAM que foram prejudicados com a disparidade nos valores das passagens aéreas mostrados na versão portuguesa do site internacional da companhia, serão reembolsados. Segundo a empresa, houve um erro no sistema na semana passada, que ocasionou um preço de até 300% mais caro, se comparado com a passagem paga em outra moeda.

A TAM foi acusada de vender passagens de um mesmo voo, no site em português, bem mais caras que o cobrado em um site internacional, em inglês. O advogado coordenador da Área Consultiva e Criminal da Gaiofato Advogados, Dr. Márcio Holanda Teixeira, explica que o ato pode ser caracterizado como prática abusiva da empresa. Também foi constatado que no site apareciam alguns voos já estavam esgotados na versão brasileira, enquanto assentos do mesmo voo continuavam sendo vendidos na versão em inglês.

A companhia informou que trabalha com o conceito de composição dinâmica de preços, o que determina o valor das passagens é a demanda de cada perfil de passageiro e a oferta disponível, podendo variar de acordo com cada mercado, ressaltando que cada versão do site para outros países só permite compras com cartões de crédito oriundos das respectivas localidades.

O Código de Defesa do Consumidor define que qualquer produto de um mesmo fornecedor que apresentar diferenças nos sites em inglês ou português, dá ao comprador o direito de solicitar à empresa o reembolso
Fonte: Diário Catarinense