sábado, 30 de novembro de 2013

Companhias aéreas do Oriente dominam o céu, mas querem mais

Emirates, Etihad Airlines e Qatar Airways já possuem mais aviões de grande porte do que todas as linhas americanas juntas. Na semana passada, compraram mais 350

São Paulo - Ao fechar, na semana passada, o balanço de vendas do Dubai Air Show 2013, os analistas do setor de aviação levaram um susto: as companhias aéreasEmirates Airlines, Etihad Airlines e Qatar Airways compraram, ao todo, 350 aeronaves de grande porte – com dois corredores, capacidade para até 850 passageiros e para viagens transoceânicas.
O valor do negócio ultrapassou os 162 bilhões de dólares e bateu, de longe, os recordes de venda daAirbus e da Boeing, que deverão entregar os produtos ao longo dos próximos dez anos.
A ida às compras das companhias do Oriente Médio demonstram o tamanho de sua ambição. Elas, juntas, já têm uma frota maior do que todas as linhas aéreas norte-americanas, que dominaram o mercado por anos a fio, diz o New York Times. Enquanto a American Airlines comprou 600 aviões de apenas um corredor para substituir sua frota antiga de voos domésticos, as gigantes do deserto investiram em grandes aeronaves para expandir seus negócios e sua capacidade de alcance.
Só a Emirates encomendou 150 Boeings 777X, o novo grande avião da fabricante americana, e outros 50 A380, a máquina da Airbus que permite até 850 passageiros. A companhia foi a responsável por colocar Dubai entre os maiores pontos de conexão do mundo. Eles esperam alcançar 70 milhões de passageiros até 2020, ante os 39 milhões que embarcaram em 2012. Já a Qatar Airways colocou em seu carrinho de compras 50 Boeings 777X e a Etihad, 30 Boeings 787, 50 A350 e mais 53 outros. Doha e Abu Dhabi, coincidentemente, já são pontos importantes de conexão de voos.

Os negócios, é claro, têm todo o apoio das famílias reais da região, que não poupam incentivos para colocarem seus países na rota dos turistas, mesmo que por uma breve escala. O empurrão nada discreto dos reinados tem causado reclamações por parte das concorrentes ocidentais, que não têm os mesmos privilégios com seus governos.

Azul Cargo anuncia promoção para o fim do ano

A unidade de cargas da companhia aérea Azul lançou uma promoção para atender a grande demanda de encomendas expressas de fim de ano. Entre os dias 21 de novembro e 31 de dezembro, os clientes poderão enviar suas encomendas de até 5 Kg com tarifas a partir de R$ 19,90 para mais de 500 cidades em todo o Brasil. As entregas têm taxas variadas para cada localidade e a coleta pode ser realizada na residência do emitente. Mais informações no portal www.azulcargo.com.br .

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Avianca recebe prêmio EM REDES DE GESTÃO



A Transportadora recebeu o maior prêmio para a gestão eficiente em Social Media, bem como atendimento ao cliente por meio de seus canais digitais.
Avianca foi reconhecida pelo segundo ano com o prêmio de 'Melhor trabalho e gestão de clientes' sob o Congresso Americano de Mídias Sociais de 2013, realizada no início de novembro, em Bogotá (Colômbia).
Nesta edição do Prêmio Social Media 2013, foram apresentados mais de 450 casos e projetos de mais de 250 marcas, empresas e agências em toda a região, com destaque para o trabalho de Social Media Avianca encontro mensal para 22.055 casos de usuários com um tempo médio de resposta de 42 minutos.
Um júri de profissionais, criativos e especialistas em mídia social premiados projectos, iniciativas e campanhas fez a indústria digital na América Latina, com destaque para a Avianca resolvidos 331.878 casos desde abril de 2012 e 182.034 casos até agora em 2013.
Este prêmio é o reconhecimento da administração da Companhia para fazer a rede social em um espaço de interação com os passageiros, em excelente gestão de atendimento ao cliente por velocidade, pontualidade e disponibilidade com as consultas dos clientes são Você resolvido.
Mídias Sociais em números:
6.000 publicações: informar os usuários sobre novidades, promoções e atividades Transportadora na América do Sul e Europa.
Infografia 300 imagens e 70: Com os dados relevantes e atributos dos destinos que vem Transportador.

Turkish voltará com Boeing 777 ao Brasil em 2014


Aviação , Na home e acima: um dos Boeing 777 da frota da companhia aérea turca (fotos divulgação)
Na home e acima: um dos Boeing 777 da frota da companhia aérea turca (fotos divulgação)
JERUSALÉM – No próximo ano, a Turkish Airlines vai trazer novamente o Boeing 777 para operar a rota diária e direta entre Istambul (Turquia), São Paulo (GRU) e Buenos Aires (Ezeiza) e vice-versa. Atualmente é o Airbus A340 que opera a linha. Na comparação, o 777 transporta mais passageiros.

A empresa não sabe ainda se será no primeiro ou no segundo semestre, pois tudo depende do cronograma de entrega de novos jatos desse modelo, explica a gerente de Marketing e Vendas da companhia no Brasil, Rebecca Meadows.

“Já foi solicitado à sede da Turkish o retorno do B777, que deve ocorrer em 2014, mais para o segundo semestre. No entanto, gostaríamos de recebê-lo antes por causa da Copa do Mundo”, explica Rebecca.

A gerente da Turkish está em Israel, onde acompanha um grupo de 15 operadores brasileiros em um famtur a convite da companhia aérea e da Amiel Tours.
fonte: PANROTAS

Leilão de bens da Varig arrecada R$ 28 milhões

Foram oferecidos 52 imóveis, sete veículos, equipamentos de escritório e de aviação, além de lotes de obras de arte, estimados, no total, em R$ 40 milhões

Rio - O Tribunal de Justiça do Rio arrecadou R$ 28 milhões com o leilão de bens das empresas Varig, Rio Sul e Nordeste Linhas Aéreas. Foram oferecidos 52 imóveis, sete veículos, equipamentos de escritório e de aviação, além de lotes de obras de arte, estimados, no total, em R$ 40 milhões. De acordo com o TJ, a média de deságio no leilão foi de 50%.
Os principais ativos do leilão foram imóveis em Brasília, São Paulo e Fortaleza, além de obras de arte. Alguns itens leiloados com valores muito abaixo do estipulado pelos leiloeiros deverão ser aprovados pelo juiz Luiz Roberto Ayoub, responsável pelo processo de falência da empresa. Segundo o Tribunal de Justiça, os itens e ofertas também precisarão receber um parecer do Ministério Público antes de ter a venda confirmada.
Entre os itens estão dois imóveis na Rua da Consolação, em São Paulo, avaliados em mais de R$ 5,5 milhões. O lance vencedor foi de R$ 2,2 milhões. Outro lote contava com quatro imóveis onde funcionavam lojas da empresa na Av. São Luiz, no bairro da República, em São Paulo. Os imóveis foram avaliados em R$ 1,869 milhão, mas receberam lances de apenas R$ 750 mil.
O leilão foi determinado pela 1ª Vara Empresarial da Capital, onde tramita o processo de falência da empresa. O valor arrecadado será juntado a outros R$ 37 milhões arrecadados em outros leilões e já depositados na conta da Varig sob administração do juiz Luiz Roberto Ayoub. O montante será utilizado para o pagamento de dívidas e indenizações trabalhistas estimados, à época da falência, decretada em 2010, em R$ 7 bilhões.
Pelo modelo do leilão, os lotes que não despertaram interesse de compradores tiveram seus lances iniciais, estabelecidos a partir de análises técnicas, reduzidos entre 70% e 50%. Apesar da redução, alguns itens não foram arrematados, como um treinador de voo para jatos, estimado em R$ 80 mil, e equipamentos de escritório.
Segundo o Tribunal de Justiça, ainda estão previstos mais dois leilões de bens pertencentes à Varig, que deverão acontecer em 2014. A empresa pediu recuperação judicial em 2005. Foi a primeira empresa a se beneficiar da nova Lei de Falências, promulgada quatro meses antes do pedido de recuperação.


quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Aeroporto do Galeão inaugura lanchonete popular

Os usuários do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão – Antonio Carlos Jobim (RJ) agora contam com uma nova opção de alimentação. A lanchonete de preços controlados, ou lanchonete popular, do principal terminal carioca foi inaugurada no último sábado (23/11), oferecendo entre suas opções 15 produtos com preços tabelados, estabelecidos pela Infraero por meio de pesquisas no mercado da cidade.
      O estabelecimento, denominado “Palheta”, se localiza no mezanino do terminal de passageiros 2, em uma área de 23,6 m² próxima à praça de alimentação. No local, foram colocadas mesas e cadeiras, para que os passageiros possam lanchar.
lanchonete-popular-gig-2
      Para o superintendente do aeroporto, Emmanoeth Vieira de Sá, a implantação do estabelecimento traz uma opção mais acessível ao usuário e estimula a concorrência no mix comercial do aeroporto. “A iniciativa da Infraero de oferecer opções mais acessíveis para o usuário reflete nosso compromisso com a prestação de serviços de qualidade no aeroporto”, acrescentou.
      O Galeão é o nono aeroporto da Rede a receber a iniciativa, sendo que os aeroportos de Congonhas (SP), Santos Dumont (RJ), Salvador (BA), Porto Alegre (RS), Curitiba e Londrina (PR), Recife (PE) e Natal (RN) já contam com lanchonetes populares.
      A Infraero planeja levar as lanchonetes populares a todos os aeroportos das cidades-sede da Copa sob a administração da empresa. Os demais terminais da Rede também poderão contar com essas lojas de acordo com o planejamento do mix comercial nos aeroportos.

American lança web check-in para voos de/para Brasil

A partir de agora os clientes da American Airlines viajando com passaporte da América Latina e Caribe, incluindo o Brasil, podem fazer o check-in de seus voos pela internet. O check-in on-line, no aa.com, tem de ser feito de duas a 24 horas antes do voo, para os EUA ou para o país onde reside o passageiro na região. Antes do lançamento deste recurso, clientes de países que requerem pedido de visto americano não eram elegíveis para utilizar o web check-in.


Além do check-in, os passageiros podem, na ferramenta on-line, selecionar ou mudar de assento e pedir upgrade. O sistema também reduz o tempo gasto esperando no aeroporto ao permitir que os clientes imprimam os cartões de embarque em casa ou via máquinas de autoatendimento no aeroporto.

“Sabemos que nossos clientes valorizam a conveniência e a flexibilidade de poder fazer o check-in para seus voos de qualquer lugar”, diz Art Torno, vice-presidente da American Airlines para México, Caribe e América Latina. “Estamos felizes em expandir nosso recurso de web check-in para nossos clientes na região e sabemos que isso ajudará a tornar a experiência de viajar com a American ainda melhor e mais conveniente”, completa o executivo.

O web check-in está disponível para clientes com passaportes de: Antigua, Argentina, Bahamas, Barbados, Belize, Bermuda, Bolívia, Brasil, Chile, Ilhas Cayman, Colômbia, Costa Rica, Dominica, República Dominicana, Equador, El Salvador, Granada, Guatemala, Haiti, Honduras, Jamaica, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, St. Kitts & Nevis, Sta. Lucia, Trinidad, Turks e Caicos, Uruguai e Venezuela.

Alitalia recebe R$ 547 milhões em aumento de capital

Roma - A Alitalia anunciou nesta quinta-feira (28) que recebeu 173 milhões de euros (R$ 547 milhões) referentes ao aumento de capital de 300 milhões de euros (R$ 948 milhões) aprovado pelo conselho de administração e pelos acionistas. Os sócios tinham até ontem (27) para exercer os seus direitos de opção, e entre os que não o fizeram está a Air France-KLM.

No entanto, apesar de ainda não ter atingido o montante total, a companhia afirmou em uma nota que também recebeu reservas para as ações não subscritas em número superior à quantidade disponível. "Tais reservas devem ser confirmadas nos próximos dias (no máximo até 10 de dezembro) e as respectivas declarações de confirmação devem ser acompanhados do pagamento correspondente", diz o comunicado. A expectativa da Alitalia é que o aumento de capital seja completamente realizado.
A emissão de 300 milhões de euros em novas ações foi aprovada de forma unânime pelo conselho de administração e pela assembleia de sócios do grupo italiano em outubro. Em situações como essa, cada acionista pode contribuir inicialmente com uma quantia proporcional à sua participação na sociedade.

Caso alguém não faça isso, a prioridade de subscrição dos títulos restantes é dada aos sócios que participaram do aumento de capital. Se ainda assim não for o suficiente para atingir a quantia estabelecida, a Poste Italiane, companhia de serviço postal da Itália, vai entrar com uma quantia de até 75 milhões de euros na empresa aérea.

Avianca AIRLINES HOLDINGS transportados 20,3 milhões de passageiros



  • Entre janeiro e outubro de 2013, as controladas da Avianca Holdings SA registrou um aumento de 6,9% no número de passageiros em relação ao mesmo período de 2012.
  • Em outubro de 2013, anexado às companhias aéreas Holdings transportou mais de 2 milhões de passageiros.

Nos primeiros dez meses de 2013, as controladas da Avianca Holdings SA (NYSE: AVH) (BVC: PFAVH) (*) 0,222 mobilizados 20'376 passageiros, registrando um aumento de 6,9% em relação ao mesmo período de 2012. Capacidade, medida em ASK (assentos disponíveis por quilômetro voado) aumentou 6,4%, enquanto que o tráfego de passageiros medido em RPK (passageiros por quilômetro voado pagamento) cresceu 7,5%. Como resultado, o fator de ocupação ficou em 80,4%.
Durante o mês de outubro, as subsidiárias de passageiros Holdings Avianca mobilizou 2'078 0,603, 4,8% acima do mesmo mês transportou 2.012 passageiros. Capacidade, medida em ASK (assentos disponíveis por quilômetro voado) aumentou 4,6%, enquanto o tráfego de passageiros medido em RPK (passageiros por quilômetro voado) aumentou de pagamentos de 7,0%. Os factores de utilização foi de 80,2% neste mês.
Os mercados domésticos da Colômbia, Peru e Equador
No final dos primeiros dez meses do ano, o número total de passageiros que utilizam as empresas Avianca Holdings na Colômbia, Peru e Equador totalizaram 11'836 .295, 7,9% maior que o registrado no mesmo período , 2012. A capacidade (ASK) nestes mercados aumentou 14,7%, enquanto que o tráfego de passageiros (RPK) aumentou 10,2%. Como resultado, o fator de ocupação ficou em 77,2%.

Em outubro, anexado a Avianca Airlines Holdings transportados para esses mercados 1'232 .297 viajantes, 4,8% superior ao registrado em outubro de 2012. A capacidade (ASK) no décimo mês do ano nesses mercados aumentaram 7,3%, enquanto que o tráfego de passageiros (RPK) aumentou 7,8%. Como resultado, o fator de ocupação ficou em 79,7%.

Mercados internacionais
De janeiro a outubro de 2013, o número de passageiros que utilizam as companhias aéreas do grupo em rotas internacionais somaram 0,927 8'539, 5,6% superior ao registrado no mesmo período de 2012, figura. A capacidade (ASK) cresceu 4,4% e tráfego de passageiros (RPK) aumentou 6,9%. O fator de carga de 81,2% ACENDIO.

Em outubro, as companhias aéreas integradas Holdings Avianca realizou 846.306 passageiros em rotas internacionais, um aumento de 4,9% em relação ao mesmo mês de 2012. A capacidade (ASK) aumentou 3,9%, enquanto o tráfego de passageiros (RPKs) aumentou 6,7%. Os factores de utilização foi de 80,4%.

clientes da TAM já podem comprar passagens aéreas na homepage do UOL

TAM Linhas Aéreas e o UOL, maior empresa brasileira de conteúdo e serviços da internet, firmam uma parceria pela qual os clientes da companhia agora podem comprar passagens diretamente na homepage do UOL (www.uol.com.br). Basta o usuário localizar a área de busca exclusiva da TAM, selecionar a origem, o destino e as datas da viagem e clicar no botão “consultar voos”. O internauta será direcionado para a página de vendas da companhia aérea para concluir o processo e emitir seus bilhetes. “O projeto torna o processo de busca e compra de passagens ainda mais cômodo e ágil para quem está navegando”, afirma o gerente sênior de comunicação e marca da TAM, Daniel Aguado. Segundo o executivo, um dos critérios para o fechamento da parceria foi o grande número de visitantes diários das páginas do UOL.

Azul Linhas Aéreas e TAP Portugal assinam acordo de interlinejá em vigor


Azul Linhas Aéreas Brasileiras e a TAP Portugal assinaram um acordo de interlineo qual permitirá que a companhia aérea portuguesa emita bilhetes para os mais de 100 destinos oferecidos pela Azul no Brasil. As passagens desse acordo já estão disponíveis por meio de todos os canais de vendas da TAP e as tarifas irão abranger a rota completa, ou seja, o valor total do bilhete prevê os trechos das duas companhias.


“O acordo com a TAP certamente resultará num aumento importante do fluxo de clientes em nossos voos a partir dos aeroportos onde a companhia portuguesa opera. Os ganhos de receita e exposição de marca são as grandes vantagens para a Azul nessa parceria”, afirma Marcelo Bento, diretor de Planejamento e Alianças da Azul. “Este é o primeiro acordo de interline que fazemos e estamos bastante otimistas, já que possuímos boa conectividade em diversos aeroportos”, completa Bento.

A parceria beneficiará diretamente os clientes que desembarcam nos mais de dez aeroportos onde a TAP opera, que poderão conectar-se a qualquer destino operado pela Azul com apenas umcheck-in até o destino final. Entretanto, por conta da necessidade de passagem pela alfândega ao entrar no Brasil, o passageiro proveniente de voos da TAP precisará retirar suas bagagens na esteira e despachá-las novamente no balcão da Azul. A esses passageiros, a Azul honrará a franquia de bagagem de duas peças de 32 quilos cada.

Subsidiária da British Airways coloca pedido para um jato E190 da Embraer

A subsidiária regional da British Airways, a BA CityFlyer, colocou uma ordem firme de compra para mais um jato E190 da Embraer. A nova aeronave vai operar na principal base da regional, no London City Airport, na capital inglesa. Em 2008 a British Airways fez um pedido para seis aeronaves E170 e cinco E190, mais três opções do E190, que foram gradualmente exercidas. Com este último pedido, o total de jatos E190 entregues ou na carteira de entregas subiu para nove. Adam Carson, diretor geral da BA CityFlyer, disse que “com qualidades operacionais e ambientais superiores, o E190 tem se mostrado ideal para nossas operações no London City”.

A American Airlines vai emergir do Chapter 11 e completar a fusão no dia 9


A Corte de Falências do Distrito Sul de Nova York aprovou hoje o encerramento da ação judicial movida pelo Departamento de Justiça dos EUA e alguns Estados norte-americanos, relacionada com afusão entre a AMR Corporation e o US Airways Group, Inc. - O Tribunal também decidiu que a fusão pode ser consumada apesar da pendência da ação movida pelas companhias, requerendo a imunidade antitruste. Em decorrência, a AMR Corporation, controladora da American Airlines, informou à Corte de Falências do Distrito Sul de Nova York que a data efetiva proposta para o Plano de Reorganização (saída do Chapter 11 + fusão) será no dia 9 de dezembro de 2013.   


A consumação do Plano e Reorganização e de fusão com o US Airways Group está planejada para ocorrer antes da abertura dos mercados no dia 9 de dezembro. Assim, assumindo que esse planejamento aconteça, o último dia de negociação em Bolsa dos papéis da AMR e do US Airways Group será no dia 6 de dezembro de 2013.  A partir desse dia a AMR Corporation passará a adotar o nome American Airlines Group, Inc e suas ações passarão a ser negociadas na Nasdaq sob símbolo “AAL” e suas ações preferências serão relacionadas e negociadas no Nasdaq Global Select Market sob símbolo “AALCP”.   

A Rio Cargo recebe mais um Boeing 767-200

 O Boeing 767-200F matrícula PR-IOH da empresa Rio Cargo. 


www.voerio.com/

sábado, 23 de novembro de 2013

Linha de produtos de jato Airbus é endossado por Dubai Airshow anúncios ordem das operadoras do Oriente Médio

O Dubai Airshow 2013, mais uma vez destacou a crescente importância companhias aéreas do Oriente Médio 'no mercado de transporte aéreo global, bem como a capacidade da linha de produtos de jato Airbus para atender suas necessidades em ambas as operações de passageiros e carga. 
Com uma atmosfera claramente otimista em encontro aeroespacial bienal desta semana, as operadoras da região ganhou as manchetes por meio de ordens no valor de bilhões de dólares - que também marcaram endossos para a gama completa de aeronaves Airbus comercial.
O contrato da Emirates Airline para mais 50 aviões A380 fornece aeronaves adicionais para expandir sua cobertura de rotas e para a substituição de aeronaves, elevando o número total de aeronaves A380 encomendadas por esta transportadora com sede em Dubai para 140.  
"O A380 é um avião muito popular, e as pessoas saem de sua maneira de voar", explicou Tim Clark, Presidente da Emirates Airline. "Eu continuo a ficar impressionado como o A380 atrai a atenção, seja em aeroportos do mundo ou durante eventos como o Dubai Airshow - as pessoas não podem esperar para chegar a bordo da aeronave." 
Tom Williams, vice-presidente executivo da Airbus - Programas, disse que esta última ordem é mais uma demonstração de confiança da Emirates no A380, mas também contribuir para a Airbus "gestão da produção industrial e para a frente de agendamento para o grande jato. 
Reserva Etihad Airways para 87 aviões da Airbus anunciada durante o Dubai Airshow envolve o A320 e A350 XWB famílias junto com o cargueiro A330F, fornecendo capacidade para esta transportadora Abu Dhabi com sede no lançamento de novas rotas, aumento de freqüências na rede já existente e substituindo aviões mais antigos . James Hogan, o presidente Etihad Airways e CEO, disse que a aeronave coberta por este contrato começarão a chegar em 2018, ea companhia aérea também colocou as opções e direitos de compra para outros 30 aviões. 
Um novo endosso importante para Airbus A330-200F veio da Qatar Airways pedido firme de cinco aviões de carga, junto com oito opções. Isso permitirá que o A330-200F para tornar-se a espinha dorsal da frota cargueiro da Qatar Airways, de acordo com CEO Akbar Al Baker.
Assim como esses três principais operadoras do Golfo têm usado com sucesso aviões Airbus durante o desenvolvimento para portadores de classe mundial, o padrão está pronto para ser repetida como o mais recente no Oriente Médio transportadora novo começo - Asas da Líbia - escolheu o A350 XWB e A320 para construir sua rede de rotas. Entrada de serviço 'Asas da Líbia está prevista para o início do próximo ano, usando dois A320 alugadas. 








Boeing alerta risco de acúmulo de gelo em 747s e Dreamliners

A empresa alertou 15 companhias aéreas para não utilizarem as aeronaves em altitudes elevadas durante tempestades

SEATTLE/TÓQUIO - A Boeing alertou na sexta-feira as companhias aéreas sobre o risco de problemas com acúmulo de gelo em suas novas aeronaves 747-8 e 787 Dreamliner com turbinas fabricadas pela General Electric, pedindo para que 15 delas não operem tais aviões em elevadas altitudes durante tempestades.
O alerta fez a Japan Airlines retirar seus 787 Dreamliners de duas rotas internacionais. Outras companhias afetadas incluem Lufthansa, United Airlines, um braço da United Continental Holdings, e a Cathay Pacific Airlines.
A medida foi tomada após seis incidentes, ocorridos entre abril e novembro, envolvendo cinco 747-8s e um 787, quando aeronaves com motores GEnx sofreram perda temporária de pressão enquanto voavam em altitudes elevadas.
O problema foi causado pelo acúmulo de cristais de gelo, inicialmente atrás da primeira hélice, e que passaram pela turbina, afirmou um porta-voz da GE, acrescentando que todos as aviões pousaram em segurança e em seus destinos.
Na sexta-feira, a Boeing emitiu um alerta proibindo que as aeronaves afetadas voassem em altitude elevada em um raio de 50 milhas náuticas (aproximadamente 90 quilômetros) de tempestades que possam conter cristais de gelo.

A GE e a Boeing estão trabalhando em modificações no software que controla o sistema dos motores, e esperam que isso seja o suficiente para resolver o problema, afirmou o porta-voz da GE.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Air New Zealand diz ser aérea oficial da Terra Média



De olho no lançamento de O Hobbit - A Desolação de Smaug, comercial mostra que o cenário do filme está mais próximo do que se imagina

São Paulo - Para quem trabalha na Air New Zealand, o fantástico mundo criado por J.R.R. Tolkien faz parte do dia a dia. Pelo menos é o que mostra Just Another Day in Middle-earth, comercial criado pela True para lembrar, mais uma vez, que a ANZ é a “companhia aérea oficial da Terra Média”.
Com participação do ator Dean O’Gorman e narração de Sylvester McCoy – o anão Fili e o mago Radagast, o Castanho – de O Hobbit -, o filme aproveita o lançamento do segundo episódio da trilogia, A Desolação de Smaug, para lembrar que a Terra Média está mais perto do que se imagina. Destaque, ainda, para os papeis desempenhados pelos próprios funcionários da Air New Zealand.

Além de Just Another Day in Middle-Earth, a companhia aérea também fará um voo especial partindo de Auckland, quando um Boeing 777-300 deverá chegar a Los Angeles bem a tempo da premiere de O Hobbit 2, no dia 2 de dezembro. A estreia mundial – inclusive Brasil – está prevista para 13 de dezembro.

Azul lança voos extras entre Recife e Noronha

A Azul recebeu a liberação da Anac para operar voos extras entre o Recife e o arquipélago de Fernando de Noronha entre hoje (19) e o dia 19 de dezembro. Os novos voos serão realizados em cincofrequências semanais (diário, exceto às quartas e domingos) com partida do Recife às 9h18 e previsão de chegada à Noronha às 11h48. O sentido inverso sai às 12h18 do arquipélago e aterriza na capital pernambucana às 12h48.


“O objetivo da inclusão de um voo extra é facilitar ainda mais a viagem dos turistas que vão à ilha. Apesar de Noronha ter um grande fluxo de visitantes durante todo o ano, a partir de novembro a demanda por passagens e pacotes aumenta muito”, diz o diretor de Planejamento e Aliança da Azul, Marcelo Bento.

O novo horário permite que passageiros de várias regiões do país realizem conexões diretas na capital pernambucana, onde a companhia oferece conexões para Maceió, Teresina, Fortaleza, Salvador, Natal, Campina Grande, Confins, Guarulhos e Campinas. As passagens já estão disponíveis em todos os canais de venda da Azul. Mais informações no site www.voeazul.com.br.

Iberia Express apresenta nova logomarca hoje

Aviação ,

Assim como a Iberia, a filial low cost low fare da companhia aérea espanhola, a Iberia Express, também tem nova imagem, que passa a ser exibida nos canais da empresa aéreas a partir de hoje. A mudança na imagem da Iberia, dentro do processo de reestruturação da companhia, foi ampliada para a Iberia Express, que opera rotas de curto e médio curso, e também será estendida para os aviões da Air Nostrum, companhia que a Iberia utiliza em voos regionais.

Chega amanhã a Madri o primeiro avião com a nova pintura da Iberia, um Airbus 330, que levará o nome de Juan Carlos I. Para que a pintura de todas as aeronaves não eleve os custos da Iberia, as pinturas serão realizadas dentro do processo natural de manutenção da frota, podendo levar entre cinco e dez anos para que a nova pintura esteja presente em todas as aeronaves. 

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Aerolíneas Argentinas deve cancelar a rota entre Buenos Aires e Sydney.


Segundo o Plano Operacional da Aerolíneas Argentinas, a companhia pretende se desfazer de suas aeronaves Airbus A340-200. Em decorrência, prevê cancelar a rota que liga Buenos Aires (BUE) a Sydney (SYD), por não possuir outro tipo de equipamento com autonomia para operar a rota sem escalas. Incluir uma escala na rota tornaria os voos muito caros e inviáveis. Os bimotores A330 não podem realizar voos transpolares e criar uma frota especial contrariaria a padronização e eficiência prevista no Plano Operacional. Este último, anuncia que para 2014 a companhia incrementará 22% suas operações e que para atingir esse objetivo, realizará uma reestruturação em sua malha de voos internacionais.

Airbus e Etihad anunciam contrato para 87 aeronaves

Etihad Airways, companhia aérea nacional dos Emirados Árabes Unidos, anunciou um pedido firme de 50 A350 XWB, 36 aeronaves A320neo e um A330-200F, como parte de sua estratégia de modernização da frota. O contrato foi assinado hoje no Dubai Airshow 2013 por James Hogan, CEO da Etihad Airways e Fabrice Brégier, presidente e CEO da Airbus. 
O pedido inclui 40 A350-900s, dez A350-1000s, um A330-200F, 26 A321neo e 10 do A320neo da. Etihad opera atualmente uma frota de 23 aeronaves da Família A320, 25 A330 e 11 A340. A nova aeronave vai se encaixar perfeitamente na actual frota de longo curso da companhia aérea entregar eficiência operacional e redução de custos.
James Hogan, presidente e CEO da Etihad Airways, disse: "Há dez anos este mês, comemoramos o nosso vôo inaugural de Abu Dhabi com um Airbus A330.
"Uma década depois, temos crescido em uma das maiores companhias aéreas do mundo ea importância da Airbus para nossas operações em rápido crescimento nunca foi tão forte. Temos mais de 60 aeronaves Airbus em nossa frota, hoje, e esta última ordem é uma prova da força contínua da nossa parceria.
"Como uma das primeiras companhias aéreas estabelecidas para receber o tão aguardado Airbus A350-1000, estamos ansiosos para beneficiar suas eficiências operacionais e redução de custos."
"Estamos muito satisfeitos que a Etihad Airways tem consistentemente mantido a sua confiança em toda a gama da família de modernas aeronaves Airbus. Isso é destacado por nova ordem de hoje para o baixo consumo de combustível Família A320neo, a versátil A330-200F e até o novo e eficiente A350 XWB Família ", disse Fabrice Brégier, presidente e CEO da Airbus. "Estamos ansiosos para vê-Etihad beneficiar a economia imbatíveis e best-in-class conforto toda a nossa oferta de aeronaves, garantindo o sucesso contínuo da Etihad Airways como a companhia aérea líder para os próximos anos."
O A350 XWB (Xtra Wide-Body) é uma linha de all-new mid-size longa gama de produtos que inclui três versões. A nova família, cuja seção transversal da fuselagem é otimizado para acomodar de 18 polegadas de largura economia sede da Airbus para o conforto dos passageiros de longo alcance, também vai trazer uma mudança de passo de 25 por cento na eficiência em comparação com aeronaves existentes nesta categoria de tamanho. Programado para a entrada de colocação em serviço em 2014, o A350 XWB até à data já conquistou 764 pedidos firmes de 39 clientes em todo o mundo.
O A320neo é oferecido como uma opção para a Família A320 e incorpora motores mais eficientes e novos dispositivos de ponta de asa "Sharklet" grandes, que juntos vão entregar até 15 por cento na economia de combustível. No final de outubro de 2013, pedidos firmes para os NEO situou-se em 2487 a partir de 44 clientes, tornando-se o avião comercial mais vendido de sempre e sublinhando a sua posição de liderança no mercado.
O A330-200F é a versão todo-carga da família A330 best-seller. É o mais moderno cargueiro de médio porte do mundo e pode transportar 70 toneladas de carga, com uma capacidade de alcance de até 4.000 nm. Até à data, a Airbus recebeu mais de 1.280 pedidos para as várias versões do A330, com mais de 1.010 aeronaves voando atualmente com mais de 100 operadoras em todo o mundo.

Avianca começou a operar 6ª feira voos diários entre Porto Alegre e Lima.

Desde sexta-feira, dia 15, a Avianca aumentou de 3 para 7 suas frequências semanais entre Porto Alegre a Lima, passando a operar diariamente e sem escalas na rota. O voo TA 918 parte às 06h33 de Porto Alegre e chega às 09h32 em Lima. No sentido inverso, o voo TA 919 parte às 23h02 da capital peruana e chega às 05h58 do dia seguinte na capital gaúcha.


Ian Gillespie, diretor da Divisão Internacional de Avianca Brasil, manifestou que “com esse aumento da frequência para vôo diário de Porto Alegre estamos respondendo a demanda dos passageiros, mas, sobretudo, estamos oferecendo uma substancial melhora na conexão do sul, procurando oferecer sempre um serviço superior na experiência de viagem dos nossos passageiros”.

Avianca Holdings SA obteve receita de USD $ 132,2 milhões



O período de 2013, de julho a setembro, a Avianca Holdings SA alcançou um lucro líquido ajustado de 99,1 milhões dólares, excluindo os efeitos diferenciais das taxas de câmbio passivos relacionados denominados em pesos colombianos eo ganho na venda de ativos. Isso reflete um aumento de 151,3% sobre o lucro líquido ajustado do mesmo período de 2012. A margem de lucro líquido ajustado cresceu 470 pontos base, para 8,4%. O lucro líquido, incluindo ajustes extraordinários mencionados foi de US $ 35,9 milhões dólares.
O lucro operacional foi de 1,182 milhões dólares, um aumento de 9,6% sobre a receita operacional apurado no terceiro trimestre de 2012. Este resultado é devido a um aumento de 9,4% nas receitas de passageiros, gerado por sua vez, por um aumento de 3,5% no número de passageiros. Linhas de carga e receita operacional lealdade aumentaram 10,9%.
A receita por assento-quilômetro oferecido (RASK) aumentou 3,6%, enquanto o custo (CASK) aumentou 1,5%, de USD 10,3 USD centavos no terceiro trimestre de 2012-10,4 centavos no terceiro trimestre de 2013.
Lucro antes de juros, impostos, depreciação, amortização e aluguel (EBITDAR) subiu 23,1% em relação ao mesmo período de 2012. Como resultado, a margem EBITDAR foi de 20,1%.
O lucro operacional (EBIT) foi de US $ 132.200.000, um aumento de 32,2% para o lucro operacional de US $ 100,0 milhões registrados no mesmo período de 2012, de julho a setembro. A margem operacional foi de 11,2%, acima dos 9,3% em 2012. Este resultado vem depois de um aumento da receita operacional em relação aos custos.
A capacidade, medida em ASK (assentos disponíveis por quilômetro) aumentou 5,87%. Este resultado deve-se principalmente ao aumento da operação em mercados de alta procura, incorporando aeronaves com maior capacidade e um aumento de 1,1% nos ciclos de funcionamento. Além disso, o tráfego de passageiros medido em RPK (passageiros pagantes por quilômetro) cresceu 5,9%, atingindo uma taxa de ocupação de 82,0%, um aumento de 20 pontos base, para a ocupação reportados no terceiro trimestre de 2012.
Em cumprimento do plano para a renovação e modernização da frota, a empresa adicionou no período de um Airbus A320 equipado com Sharklets, um ATR 72-600 e A330. Assim, Avianca Airlines Holdings SA e de suas controladas encerrou o trimestre com uma frota operacional consolidada de 154 aeronaves.
Com estes resultados, a Avianca Holdings SA informou durante os primeiros nove meses do ano um lucro líquido de 183,4 milhões dólares, atingindo uma margem líquida acumulada de 5,4%.

Boeing recebe pedidos que superam US$ 120 bilhões


Fabricante de aeronaves recebeu diversas encomendas de aeronaves durante feira Dubai Airshow
Dubai - A Boeing recebeu pedidos que superam os US$ 120 bilhões durante a Dubai Airshow. No maior deles, a Emirates Airline fez uma encomenda de US$ 76 bilhões, com a compra de 150 aeronaves 777X e opção de compra de mais 50 jatos do mesmo modelo. Já a Etihad Airways fez uma encomenda de US$ 25,2 bilhões (a preços de tabela), que inclui um pedido firme de 56 aeronaves e a opção de comprar outros 26 aviões, entre 777X e 787 Dreamliner. A Qatar Airways, por sua vez, fez uma encomenda de 50 Boeing 777X, valor de US$ 19 bilhões.
No caso da Etihad, a empresa informou que iria comprar aeronaves das duas versões do 777X, sendo 17 do modelo 777-9X e oito 777-8X. Além disso, encomendou também mais 30 jatos 787 Dreamliner, o que fará dela a maior operadora deste modelo de aeronave. "Este pedido nos permitirá acelerar nosso crescimento de novo", disse o diretor-presidente da Etihad, James Hogan, a jornalistas.
Somente em encomendas para o novo 777X, a Boeing já recebeu pedidos que somam quase US$ 100 bilhões, de acordo com o diretor presidente da Boeing, James McNerney. Antes das empresas árabes, a Lufthansa já tinha se comprometido a adquirir algumas aeronaves do novo modelo, em setembro.
A fabricante de aeronaves está renovando sua família 777 e promete um jato de longo alcance, de corredor duplo, capaz de transportar entre 350 e 400 passageiros com mais eficiência no consumo de combustível do que a atual família de 777 disponível. O início das entregas da nova versão está previsto para antes do final da década.
As três principais aéreas do Golfo são consideradas clientes cruciais para a 777X e a Boeing projetou o avião para atender às necessidades específicas das companhias, que estão em rápida expansão. Elas exigem jatos projetados para decolar no calor extremo nos meses de verão e com a habilidade para voar longas distâncias. 


















777 - 8X
777 - 9X
Market Offerability
May 2013
May 2013
Program Launch
November 2013
November 2013
Seat count numbers
350 passengers
400 passengers
Range
 
More than 9,300 nautical miles (17,220 km)
More than 8,200 nautical miles (15,185 km)
Wingspan In-flight
233 feet 5 inches (71.1 meters)
Wingspan Folded (on ground)
212 feet 9 inches (64.8 meters)
Folding wing-tip
Enables 21 feet (6 meters) more span to maximize fuel efficiency
Interior
Larger windows, wider cabin, new lighting, new architecture
Configuration
Twin-aisle
Engine
GE9X, supplied by GE Aviation
List Price
$349.8 million
$377.2 million