quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Gol equilibra oferta e demanda e aumenta receita

A Gol divulgou alguns de seus resultados operacionais do último trimestre e consequentemente de todo o ano de 2013. Foi o ano em que a empresa reduziu sua oferta em 7,4% e conseguiu um aumento de demanda de 7,3%, o que equilibrou as taxas de ocupação em relação a 2012 (média de 70%). Em dezembro a taxa de ocupação chegou a 75,4%.

Houve aumento também na receita líquida de passageiro x assento x km (PRASK) de 18%. Nos três últimos meses de 2013 esse incremento chegou a 24%. O yield líquido cresceu 15% no trimestre e 18% no ano.

Azul pinta rosto de Mandela em fuselagem de avião; veja

A Azul anunciou hoje (21) a personalização de duas aeronaves Embraer 190. A primeira foi batizada de “Madiba Azul”, em referência ao ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela. A aeronave tem estampado o rosto do líder sul-africano, que recebeu o prêmio Nobel da Paz em 1995 e faleceu no ano passado. Segundo a aérea, esta foi uma forma de homenagear Mandela.

O programa de ventagens Todo Azul é o tema da personalização da outra aeronave, feita com o objetivo de comemorar a marca de três milhões de clientes cadastrados. 

Boeing e GECAS anunciam acordo para 40 jatos 737


A fabricante americana Boeing e a companhia de leasing GE Capital Aviation Services (GECAS) anunciaram uma encomenda para 40 jatos 737. O acordo, no valor de cerca de US$ 3,9 milhões, é composto por 20 aviões 737 MAX 8 e outros 20 737-800. Com o anúncio do novo contrato, a GECAS totaliza 638 aviões comprados diretamente da Boeing, que inclui os modelos 737, 747, 757, 767, 777 e 787. Até o momento, a empresa de leasing já recebeu 459 aviões.

Bombardier anuncia ter entregue um total de 238 aviões em 2013

A fabricante canadense Bombardier Aerospace anunciou a entrega de 238 aviões em 2013, cinco a mais do que o total registrado ao final de 2012. Durante o período, foram entregues 180 jatos executivos, 55 aeronaves comerciais e mais três aviões anfíbios. A empresa também recebeu encomendas para outras 388 aeronaves. Os novos pedidos vieram principalmente da base de clientes na África, Ásia-Pacífico, China, Oriente Médio e Rússia.

TAM e Gol estão entre as mais inseguras do mundo. Veja lista

Companhias aéreas brasileiras melhoraram desempenho, mas ainda estão entre as 10 últimas posições do ranking elaborado pela consultoria alemã Jacdec

São Paulo – As companhias aéreas brasileiras TAM e GOL permanecem entre as 10 mais inseguras do mundo em 2013, de acordo com lista elaborada pela consultoria alemã Jacdec, especializada em aviação. A pesquisa analisou as 60 maiores empresas aéreas do mundo.
O ranking leva em consideração o número de acidentes que as companhias se envolveram em um período de 30 anos, o número de mortos, o pior acidente ao longo desses anos e há quanto tempo a mesma não registra nenhuma perda de aeronave.
Apesar da má colocação, o desempenho das brasileiras melhorou em comparação com os dados de 2012, os quais deixaram a TAM na penúltima posição. Nesta avaliação, a TAM subiu para 56º, com risco de segurança de 0,890, enquanto a GOL foi de 57º para 54º, com índice de 0,689.
Por meio de nota, a TAM informou que não comenta os critérios usados na elaboração do ranking da Jacdec Airline Safety.
“A companhia reitera que sua prioridade é prestar um transporte seguro e atende rigorosamente os regulamentos das autoridades brasileiras e internacionais. Além disso, em janeiro de 2012, a TAM obteve novamente o registro de renovação da certificação IOSA (IATA Operational Safety Audit) concedida pela primeira vez em 2007 e ratificada em 2008”, afirmou a companhia, por comunicado.
A assessoria de imprensa da GOL explicou que não fala sobre os critérios da pesquisa e reafirmou seu compromisso com a segurança de seus clientes e colaboradores.
"A GOL é uma empresa certificada pela auditoria IOSA (Iata Operational Safety Audit), internacionalmente reconhecida como padrão de avaliação do gerenciamento de segurança operacional e de controle das empresas aéreas. A companhia também foi uma das dez primeiras a receber o Enhanced IOSA, categoria ainda mais rigorosa nesta auditoria", informou a empresa, em nota oficial. 
Em 2013, a companhia aérea considerada mais segura foi a Air New Zealand, da Nova Zelândia, superando a Finnair, da Finlândia, primeira colocada em 2012 e que agora está na 3ª posição. 

Veja, nas próximas páginas, o ranking completo das companhias aéreas mais seguras do mundo, segundo a Jacdec.

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

a Boeing supera a Airbus em número de entregas de aeronaves em 2013

Em 2013, a Boeing entregou um número recorde de 648 aeronaves comerciais no ano passado . Agora, a Airbusanuncia que superou suas metas em 2013 e registrou um novo recorde, com a entrega de 626 aeronaves comerciais. Todos os anos as duas maiores fabricantes de aviões do mundo disputam o primeiro lugar em entregas de aeronaves.


Entre as 626 aeronaves entregues no ano passado pela Airbus a 93 clientes estão 493 unidades da família A320, 108 aviões A330 e 25 superjumbos A380. A Airbus também registrou no ano o recorde de 1.619 novas ordens de compra, superando o anterior de 2011. Ao fechar 2013, a fabricante europeia tinha um backlog (carteira de pedidos) recorde para 5.559 aeronaves, com valor de US$ 809 bilhões a preços de lista, ordens de compra equivalentes a oito anos de produção.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Amadeus e Lufthansa terão oferta com reserva antecipada

 Lufthansa e a Amadeus anunciaram um acordo pelo qual a companhia aérea poderá oferecer assentos antecipadamente como um serviço adicional (ancillary service), por meio das agências de viagens. Isso é possível com o uso da solução Amadeus Airline Ancillary Services. O acordo, que também se aplica à Austrian Airlines – companhia aérea austríaca subsidiária da Lufthansa – permite que as agências de viagens clientes da Amadeus em 63 mercados no mundo reservem com antecedência os assentos Economy Class para rotas nacionais e européias. Além disso, passam a poder reservar assentos com espaço adicional para as pernas (extra leg) tanto em rotas continentais como intercontinentais.

As agências podem realizar a reserva antecipada do assento preferido por seus clientes mediante uma pequena taxa adicional, que pode variar dependendo do tipo de assento escolhido (padrão ou na saída de emergência, esse com mais espaço para as pernas). Os passageiros sem reserva antecipada só podem escolher seu assento no momento do check-in, sem nenhum custo adicional.

Lufthansa e Austrian Airlines também utilizarão o Amadeus Airline Ancillary Services para oferecer serviços adicionais por meio de sua página na web, no primeiro semestre de 2014. Ao permitir a seleção antecipada de assento em todo o mundo pelas agências de viagens, as duas companhias aéreas estão adotando uma estratégia de comercialização multicanal, baseada na tecnologia Amadeus. Ambas companhias utilizam o Electronic Miscellaneous Document, o padrão de comunicação da IATA específico para a reserva de serviços adicionais.

As agências de viagens podem realizar as reservas de assentos de forma simples e eficiente com oAmadeus Airline Ancillary Services, já que a solução se integra totalmente ao seu fluxo de trabalho habitual. A comercialização de serviços adicionais pela solução é destinada a ajudar as companhias aéreas a incrementar tanto o número de reservas nos canais das agências, como a receita por passageiro.

O vice presidente de Distribuição e Marketing da Amadeus, Decius Valmorbida, comentou que “a comercialização de produtos e serviços adicionais é uma prioridade para as companhias aéreas diferenciarem sua oferta, abordarem as necessidades de personalização de seus clientes e otimizarem suas receitas. Ao oferecer este novo produto utilizando a tecnologia da Amadeus, a Lufthansa e a Austrian Airlines se unem a 76 companhias aéreas que valorizam a forma como o Amadeus Airline Ancillary Services pode ajudar os clientes a serem conduzidos pelo serviço, ao invés do preço, na hora de comparar as tarifas aéreas. Isto ajuda as companhias aéreas a competirem de forma mais efetiva".

Até o momento, as companhias aéreas que contrataram a solução Amadeus Airline Ancillary Services somam um total de 78, das quais 22 já oferecem seus serviços adicionais por meio de agências de viagens em mais de 63 mercados.

Emirates prepara reajuste de tarifas na próxima semana

No próximo dia 21, terça-feira, a Emirates fará reajuste de suas tarifas aéreas. A companhia informa os agentes de viagens para que, assim, possam antecipar emissões. A companhia de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, transportou 43 milhões de passageiros no ano passado, quando suas aeronaves voaram o equivalente a 18 mil vezes ao redor do planeta, percorrendo 751 milhões de quilômetros. O telefone da Emirates é o (11) 5503-500 e o e-mail é o saorrek@emirates.com.

Portugal afirma que ainda não é o momento de privatizar TAP

O grupo TAP acumula perdas de 136 milhões de euros no primeiro semestre do 2013

Lisboa - O governo português afirmou nesta quarta-feira que não é o momento para privatizar a companhia aérea TAP, exigência incluída nas condições do empréstimo a Portugal concedido pela União Europeia (UE) e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).
"Só quando consideremos que existe o suficiente ambiente competitivo proporemos ao Conselho de Ministros essa aprovação", disse aos jornalistas o secretário de Transportes português, Sergio Monteiro.
Monteiro assegurou que ainda não há conversas com potenciais compradores, mas apenas contatos iniciais.
Os meios de comunicação portugueses informaram hoje que existem dois interessados em comprar a TAP: o empresário português Miguel Pais do Amaral, que dirige a editora Leya, e o americano Frank Lorenzo, antigo presidente da Continental Airlines.
Em dezembro de 2012, a TAP esteve perto de ser vendida ao grupo do brasileiro-colombiano Germán Efromovich, mas o negócio foi finalmente desprezado pelo governo português por falta de garantias bancárias.
A privatização, pela qual o Estado pode arrecadar 340 milhões de euros, está incluída nas condições do empréstimo financeiro a Portugal concedido pela UE e pelo FMI.
O grupo TAP, formado pela companhia aérea, a empresa de manejo de carga e bagagens Groundforce e uma divisão de manutenção e engenharia no Brasil, acumula perdas de 136 milhões de euros no primeiro semestre do 2013.

A TAP é a operadora de referência entre Europa e Brasil, e cobre 76 destinos em 34 países. 

Embraer cumpre estimativa de entregas de 2013 com 90 jatos comerciais e 119 executivos


São José dos Campos – SP, 15 de janeiro de 2014 – A Embraer S.A. (NYSE: ERJ; BM&FBOVESPA: EMBR3) entregou 32 jatos comerciais e 53 executivos durante o quarto trimestre de 2013 (4T13), encerrando o ano com 90 aeronaves entregues para o mercado de aviação comercial e 119, sendo 90 jatos leves e 29 jatos grandes, para o de aviação executiva. Dessa forma, a Embraer cumpriu sua estimativa de entregas proposta para o ano de 2013, tanto para jatos comerciais quanto para jatos executivos leves e grandes. Já a carteira de pedidos firmes a entregar (backlog) fechou o ano em USD 18,2 bilhões.


Entregas por Segmento 4T13 2013 

 Aviação Comercial 32 90 
 EMBRAER 170 (E170) 1 4 
 EMBRAER 175 (E175) 12 24 
 EMBRAER 190 (E190) 14 45 
 EMBRAER 195 (E195) 5 17 

 Aviação Executiva 53* 119 
Jatos leves 38 90 
Jatos grandes 15 29 

TOTAL 85 209 
 *8 Phenom 100, 30 Phenom 300, 12 Legacy 650, 3 Lineage 1000 

O principal destaque do trimestre foi a assinatura de contrato com a American Airlines, Inc. 

para 60 jatos E175, com opções de compra para 90 jatos adicionais do mesmo modelo. 

Infraero entrega mais uma etapa das obras do Aeroporto de Manaus

A Infraero entregou nesta quarta-feira (15/1) a parte nova do terminal de passageiros do Aeroporto Internacional de Manaus/Eduardo Gomes (AM), correspondente a mais de 70% das obras de reforma e ampliação do terminal. Iniciados em novembro de 2011 e com investimento previsto de R$ 444,46 milhões, os serviços vão ampliar em 57 mil m² a área do terminal, aumentando para 13,5 milhões de passageiros por ano a capacidade do aeroporto manauara.
      Atualmente, o terminal pode receber 6,4 milhões de embarques e desembarque, tendo recebido em 2013 3 milhões de passageiros. A estimativa para 2014 é que 4 milhões de passageiros circulem pelo Eduardo Gomes entre embarques e desembarques.
      As áreas liberadas para os usuários englobam novas salas de embarque e desembarque internacional remoto (sem o auxílio da ponte de embarque); parte das novas áreas do saguão, com embarque e desembarque; e parte do desembarque internacional, incluindo alfândega e imigração. Também foram entregues parte do estacionamento de veículos do nível de desembarque, com um total de 400 vagas, que se somam às 685 já entregues no nível de embarque em outubro do ano passado. Outras áreas que estarão à disposição dos usuários são o viaduto do desembarque, o espaço dos balcões de vendas, reservas e informações das companhias aéreas, entre outras.
      “Também foram incluídos novos equipamentos. Nas áreas disponibilizadas, os usuários contarão com oito elevadores, 11 escadas rolantes e duas esteiras de restituição de bagagem, que se somam às facilidades já existentes”, destacou o superintendente do Aeroporto de Manaus, Aldecir Lima.
      O público também terá à disposição dois quiosques de lanches, farmácia, agências de turismo, locadoras de veículos e loja de vendas de pedras preciosas e semipreciosas, além do balcão de pagamento do estacionamento. Os serviços bancários continuarão a funcionar no saguão antigo.
Terminal-Eduardo-Gomes-2
      “A entrada em operação das novas áreas permitirá o andamento das obras no antigo terminal de passageiros, onde serão iniciados os serviços de demolição da outra metade do subsolo, construção do desembarque doméstico e a execução dos serviços restantes do saguão de desembarque. Além disso, serão concluídas as reformas na parte do saguão existente com construção das novas áreas de check-in e das salas de embarque internacional”, ressaltou Rubem Ferreira Lima, superintendente da Regional Noroeste.
      As obras da última parte do estacionamento em dois níveis, da área administrativa lado leste, praça de alimentação, de embarque e desembarque doméstico remoto, de execução do novo conector e das novas pontes de embarque continuam sendo executadas. O fluxo interno entre as áreas do hall público, check-in e salas de embarque deverá ser alterado à medida que as áreas em obras forem sendo concluídas, possibilitando o início de novas frentes de serviços.
      “A entrega desta fase da obra representa o cumprimento de mais uma etapa do planejamento global do empreendimento. Durante toda a execução dos trabalhos, nosso objetivo foi causar o menor impacto possível ao conforto dos passageiros, mantendo o funcionamento pleno do aeroporto, a segurança das frentes de obra, da comunidade aeroportuária e das atividades aeronáuticas”, pontuou Magno de Carvalho, superintendente de Empreendimentos Centro Oeste, Norte e Nordeste da Infraero.

   Assessoria de Imprensa - Infraero

Gol e Delta mostram primeiros números do code-share

A venda two way entre Gol e Delta nem completou um ano mas ambas as empresas já comemoram os resultados dessa comercialização em via dupla e do code-share, que já atinge 23 cidades no Brasil e 30 nos Estados Unidos. Segundo a Gol, 28% dos passageiros Delta de/para o Brasil já usam a Gol para chegar até a cidade de embarque para os Estados Unidos. 

“A Delta nos ajudou a adaptar nossos CRS, o Naviterre, baseado na internet, para que pudéssemos ter essa funcionalidade como um GDS. Em 2013 conseguimos implementar a venda two way e os resultados já são muito bons. As 30 cidades nos Estados Unidos que têm o code-share representam 90% dos destinos de interesse de nossos passageiros”, disse Ciro Camargo, head de Alianças na Gol. “Estamos muito felizes com a parceria com a Gol, muito importante para fazer com que o Brasil já seja nosso quarto maior mercado em receita no mundo, atrás apenas do Reino Unido, Alemanha e Japão”, disse o vice-presidente para a América Latina da Delta, Nicolás Ferri, que está há um ano baseado em São Paulo.

Segundo Ferri, em voos como o de Brasília, 40% dos passageiros já usam a Gol na chegada ou na saída do Brasil com a Delta.
A Gol, que hoje completa 13 anos, foca sua parceria com a Delta nos Estados Unidos em quatro cidades. Quatro são hubs da Delta — Atlanta, Detroit e Nova York — e uma fica sob os cuidados da Gol — Miami. A companhia brasileira disse que continuará operando Miami e Orlando com seus 737, e parada no Caribe. A Delta disse que não tem planos de um voo direto São Paulo-Miami.

NOVO VOO
A Delta começa no próximo dia 1º de março seu segundo voo diário entre São Paulo e Atlanta. Assim, passará a contar com 42 voos semanais do Brasil para os Estados Unidos. Todas as aeronaves, menos as que operam em Brasília, já contam com a Business Elite com flat beds (poltronas-cama). 

Vice-presidente de Operações da Gol pede demissão

Adalberto Cambauva Bogsan, diretor vice-presidente operacional da Gol Linhas Aéreas, apresentou à empresa hoje, dia 14, o seu pedido de demissão, que será efetiva a partir de 31 de janeiro. Até lá ele permanece no exercício de suas funções. A Gol não deu mais detalhes sobre a sua saída ou possíveis substitutos.

A Gol comemora nesta quarta-feira, dia 15, seus 13 anos de operações.

British Airways anuncia aumento de três voos semanais com partida de São Paulo

 A partir de 7 de setembro de 2014 a British Airways terá um acréscimo de três voos semanais com partida de Guarulhos, em São Paulo, e destino ao aeroporto internacional de Heathrow, em Londres. Além da atual frequência diária conectando GRU e LHR, a companhia aérea passará a contar também com operações extras às quartas, sábados e domingos aumentando os voos entre as duas cidades de sete para dez por semana. 

Os voos serão feitos a bordo de Boeings 747-400, a mesma aeronave que faz a rota atualmente, com capacidade total para 299 passageiros e divididas em quatro diferentes e confortáveis cabines: First Class (primeira), Club World (executiva), World Traveller Plus (econômica plus) e World Traveller (econômica).

“Estamos muito satisfeitos com este anúncio e ansiosos para colocar estes voos em operação. Sabemos da importância de São Paulo como o mais importante aeroporto de saída para passageiros nacionais e acreditamos no potencial do turismo local por turistas europeus. Por isso, o aumento da frequência entre São Paulo e Londres só vem reforçar a aposta da British Airways no Brasil, em seus quase 30 anos de atuação no país” explica José Antonio Coimbra, country manager da British Airways no Brasil.

Os passageiros ainda podem aproveitar o hub em Londres para estender a viagem aos mais de 500 destinos operados pela British Airways e seus parceiros codeshare e franchise ao redor do mundo.

Avianca espera crescimento de 19% de paxs em 2014

A companhia aérea Avianca divulgou hoje (14) a expectativa de transportar aproximadamente 7,4 milhões de passageiros no transcorrer deste ano, registrando evolução de 19% em comparação a 2013. A oferta de assentos também deve aumentar e chegar a 9,2 milhões. A empresa ainda anunciou umteto tarifário de R$ 999 válido entre fevereiro e julho de 2014.


“O aumento da oferta e de passageiros será possível porque vamos substituir sete aeronaves Fokker MK 28, que estão em operação há mais de cinco anos, por novos Airbus”, afirmou o presidente daAvianca, José Efromovich, que anunciou ainda, para o segundo semestre, o início de operação para mais dois destinos. “Estamos analisando seis opções e devemos definir as duas escolhidas em aproximadamente 120 dias”, concluiu.

TAM pede à Anac 1.000 voos extras para a Copa do Mundo

Empresa informou que investimento para operar voos extras será de pelo menos R$ 50 milhões e contratações temporárias vão totalizar aproximadamente mil pessoas
São Paulo - A TAM solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) 1 mil voos extras para atender a demanda durante a Copa do Mundo, entre junho e julho deste ano.
A empresa informou que o investimento para operar os voos extras será de pelo menos R$ 50 milhões e as contratações temporárias vão totalizar aproximadamente 1 mil pessoas.
Segundo a TAM, a malha aérea entre junho e julho deverá ter uma mudança temporária substancial, especialmente as operações relacionadas às cidades-sede do mundial de futebol.

Como exemplo, a companhia cita Brasília, que passará de 83 voos diários para 96; Rio de Janeiro, que aumentará de 100 voos diários para 112; e Cuiabá, que terá 11 em vez de 5. A TAM informou que as passagens durante a Copa terão preços "competitivos e acessíveis".

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Avião da Turkish voando para São Paulo fez pouso deemergência ontem.

Um avião da Turkish Airlines voando na rota Istambul-São Paulo, fez um pouso de emergência ontem no Marrocos, depois de receber um alerta de bomba a bordo. Segundo um funcionário da companhia aérea que pediu anonimato, a aeronave pousou em Casablanca, foi evacuado e estava passando por uma rigorosa vistoria de segurança por um esquadrão especializado antibombas. Quando a verificação fosse concluída, o avião - um A340 transportando 229 passageiros - prosseguiria seu plano de voo para São Paulo.

Tam suspende Rio-Londres em março; veja comunicado

A partir do dia 17 de março a Tam irá suspender os voos entre Rio e Londres. A comercialização dos bilhetes foi encerrada hoje. A empresa acaba de disparar um comunicado informando a notícia. Confira:


“A partir de 17 de março, vamos suspender nossos voos diretos JJ8088 e JJ8097 entre o Rio de Janeiro e Londres, que até então operavam três vezes por semana. Os passageiros com origem no Rio de Janeiro poderão viajar diariamente para Londres via São Paulo.

Neste ajuste, levamos em consideração a demanda, eficiência e os custos da rota, buscando aumentar a taxa de ocupação e a rentabilidade dos nossos voos internacionais. Além disso, organizamos a operação no nosso centro de conexões em São Paulo para que a escala impacte o menos possível a experiência de viagem de nossos passageiros.

Com esta mudança, os bilhetes para esses voos (JJ8088 e JJ8097) deixam de ser comercializados a partir de hoje, dia 13. Caso você tenha adquirido passagens para viagens nessa rota a partir de 17 de março, pedimos que entre em contato com a Central de Vendas, Fidelidade e Serviços, nos telefones: 4002 5700 (capitais brasileiras), 0300 570 5700 (demais localidades no Brasil) ou 44 (0) 208 741 2005 (na Inglaterra).

Para atender à alta demanda prevista para os meses de junho e julho, prevemos retomar as três frequências semanais entre o Rio de Janeiro (GIG) e Londres no período de 3 de junho a 19 de julho”.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Latam levanta US$156 mi após leilão de ações remanescentes

Maior empresa aérea da América Latina, emitiu cerca de 10,3 milhões de novos papéis por meio de um leilão na Bolsa de Santiago

Santiago - O grupo Latam Airlines vendeu nesta sexta-feira as ações remanescentes de um aumento de capital, a 8.072,60 pesos chilenos por ação na bolsa de Santiago, levantando o equivalente a 156 milhões de dólares para financiar seus investimentos.
A Latam Airlines, maior empresa aérea da América Latina, emitiu cerca de 10,3 milhões de novos papéis por meio de um leilão na Bolsa de Santiago.
Com a operação, a Latam levantou um total de 940 milhões de dólares no processo de aumento de capital.

Os acionistas da Latam já haviam subscrito 51,7 milhões das 62 milhões de ações emitidas no período da oferta preferencial dentro do aumento de capital, que terminou no fim de dezembro com a obtenção de 784 milhões de dólares em recursos.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Tap aumenta ocupação mas transporta menos no Brasil

NOTÍCIA DO PRESSTUR, DE PORTUGAL

A Tap, que no ano de 2012 batera o recorde de passageiros nos voos de e para o Brasil, com 1,552 milhão, mas tivera uma queda da taxa de ocupação, em 2013 ficou 0,6% abaixo desse total, mas não só recuperou o decréscimo da ocupação como atingiu 84,2%, em alta de 1,7 ponto.

O porta-voz da companhia, António Monteiro, adiantou ao Presstur que essa subida da taxa de ocupação reflete “a gestão rigorosa que foi feita ao longo do ano da utilização da frota”, pela qual a capacidade em ASK (lugares x quilômetros percorridos) foi reduzida em 2,7%. 
Dessa forma, a companhia, embora com menos cerca de dez mil passageiros que em 2012, tendo totalizado 1,542 milhão, conseguiu um aumento da taxa média de ocupação da rota de 82,5% para 84,2%. 

A taxa de ocupação dos voos é um dos indicadores que ganharam maior relevância para as companhias aéreas dado os níveis historicamente altos a que se mantêm os preços do combustível e de que um dos exemplos mais flagrantes foi a decisão da Ryanair, maior companhia do mundo em número de passageiros em voos internacionais segundo a Iata, de deixar até aviões em terra na época baixa porque não teriam ocupações para serem rentabilizados com os custos de combustíveis que se verificam. 

No caso da Tap, a questão não foi de deixar aviões em terra, porque trabalhou exatamente com a mesma frota de 2012, mas de fazer a colocação desses ativos, os mais caros de qualquer companhia aérea, e especialmente tratando-se de widebodies, da forma mais rentável, o que passa pelo preço a que consegue vender os voos, como, inevitavelmente pelas taxas de ocupação. 

Em 2012, a Tap tinha aumentado o número de voos de e para o Brasil de 6.969 para 7.099, o que se traduziu num aumento da capacidade em 2,5%, face ao qual teve um aumento do tráfego (em RPK = passageiros x quilômetros percorridos) em 1,8%, pelo que a taxa média de ocupação dos voos tinha baixado para 82,5%. 

Desta forma, 2013 foi um ano de ajustamento no sentido da recuperação da taxa de ocupação dos voos do Brasil, tão importantes para a companhia quanto em 2012: eles representaram 41,1% do tráfego transportado (em RPK). 

Aeromexico transportou 15,4 milhões de paxs em 2013

O número de passageiros transportados pela Aeromexico cresceu 4,6% em 2013 na comparação com o ano anterior, chegando a 15,4 milhões. Também no ano passado, a capacidade geral apresentou incremento de 5,7% (retração de 2% no doméstico e aumento de 9,9% no internacional), e a demanda registrou alta de 6,4% (1,5% no doméstico e 9,7% no internacional).

A350 XWB na Bolívia para testes de alta altitude

A aeronave A350 XWB desenvolvimento, MSN3, está na Bolívia, onde ele vai realizar uma série de testes nos aeroportos de grande altitude de Cochabamba e La Paz. Cochabamba é cerca de 8.300 metros acima do nível do mar, e La Paz é um dos maiores aeroportos do mundo em 13.300 pés. 
As operações em tais aeroportos de grande altitude são particularmente exigentes em motores de aeronaves, Unidade de Potência Auxiliar (APU) e sistemas. O objectivo destes testes é demonstrar e validar a funcionalidade completa de motores, sistemas, materiais, bem como para avaliar o comportamento global da aeronave sob essas condições extremas. Um número de descolagens com todos os motores de funcionamento e com falhas de motor simulados estão sendo realizadas em cada um dos campos de pouso para coletar dados sobre as características de funcionamento do motor e validar o desempenho da aeronave de descolagem. O comportamento do piloto automático também será avaliada durante aterragens automáticas e go-around.
Desde o primeiro vôo do A350 XWB com MSN1 em 14 de junho dia de 2013, mais de 800 horas de testes de vôo foram realizados em cerca de 200 voos de teste por ambos MSN1 e MSN3. No total, a campanha de ensaios em vôo A350 XWB irá acumular cerca de 2.500 horas de vôo com a frota de cinco aeronaves. O teste de vôo rigoroso levará à certificação do A350-900 pelas autoridades de aeronavegabilidade Europeia EASA e FAA EUA, antes da entrada em serviço no 4 º trimestre de 2014.





Aerolíneas Argentinas transporta 8 mi de paxs em 2013

“Fechamos 2013 com 66 aviões em operação, o que nos permite não apenas oferecer um melhor serviço, mas também criar novas frequências”, explicou o presidente da Aerolíneas ArgentinasMariano Recalde, durante a entrega de três novas aeronaves da companhia: um Boeing 737-800, um Airbus 330 e um Airbus 340. O executivo estava acompanhado pelo secretário de Transporte Aéreo Comercial e o presidente da Anac, Alejandro Granados, e o gerente comercial da aérea, Fabián Lombardo.

“O balanço do ano foi muito positivo. Alcançamos uma meta ambiciosa de mais de oito milhões de passageiros transportados, um recorde na história da empresa. Isso é resultado de um trabalho que envolve muitas áreas. Transportamos mais passageiros porque há mais aviões, mais frequências e mais assentos ofertados. E também um melhor serviço, pois, do contrário os argentinos não nos escolheriam para voar. A companhia recuperou a regularidade, a pontualidade e a boa atenção nos aeroportos e também no ar, o que nos deixa bastante orgulhosos”, completou Recalde. 

Em relação a 2014, o presidente disse que a empresa pretende seguir crescendo na operação, com o objetivo de transportar dez milhões de passageiros. “Para isso devemos seguir melhorando o serviço, somar voos, mais aviões e mais conectividade. Hoje temos 20 rotas que unem províncias sem passar por Buenos Aires, mas devemos agregar mais destinos. Em março, voltaremos a voar para o Paraná e cobriremos todas as capitais [argentinas], algo que não acontecia há 25 anos”, conclui.
fonte: Panrotas

TAME anuncia 4º voo semanal São Paulo-Quito a partir de 22 de fevereiro

A companhia aérea equatoriana TAME, a única que voa direto entre o Brasil e o Equador e que está comemorando um ano de operações no país, anunciou uma 4ª frequência semanal na rota São Paulo-Quito, que será operada aos sábados, a partir do dia 22 de fevereiro. Atualmente, a TAME voa às terças, quintas e aos domingos e o voo EQ532 parte de São Paulo/GRU às 17h30 e chega em Quito às 21h30. No sentido inverso, nos mesmos dias, o voo EQ531 parte da capital equatoriana às 08h30 e chega em Guarulhos às 16h30. Mais informações: tel. (11) 3257 8611.

A Boeing marca novo recorde anual com a entrega de 648 aviões em 2013

Boeing Commercial Airplanes registrou um novo recorde no número de aeronaves entregues em um único ano. Em 2013 a fabricante norte-americana entregou 648 aeronaves, enquanto sua carteira comercial também fechou o ano com recorde, registrando 5.080 pedidos. No decorrer do ano passado, a Boeing entregou 65 aeronaves 787 Dreamliners - apesar dos problemas que mantiveram a frota global paralisada durante três meses em função de problemas com suas baterias -, 98 jatos B777 e 440 aviões B737NG.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

A Lufthansa aumentará sua oferta na rota de negócios Frankfurt-Heathrow

A partir do próximo dia 30 de março, a Lufthansa estará aumentando capacidade na rota de negócios que liga Frankfurt ao aeroporto Heathrow, em Londres. A companhia aérea alemã vai substituir os atuais Airbus A319 que operam na rota, por aeronaves A320 e A321 maiores, o que resultará na oferta de 1.000 assentos adicionais por semana. A companhia também introduzirá mudanças em seus horários de voos nas 12 ligações diárias (seis em cada sentido) entre as duas cidades.

Tap transportou 10,7 milhões de passageiros em 2013

Aviação ,

A Tap atingiu, em 2013, um total de 10,7 milhões de passageiros transportados, o que representa um crescimento de 5% em relação a 2012. O resultado deve-se em parte à melhoria na taxa de ocupação dos voos, que subiu de 76,8% para 79,4%. Em 2013, a Tap não aumentou sua frota. Ou seja, conseguiu aumento de produtividade com a mesma quantidade de aviões.

O aumento no número de passageiros transportados só em dezembro foi de 8,3%, com destaque para os resultados nas Regiões Autônomas da Madeira e dos Açores, com um incremento de 12,2%, e também da África, com 13,5% a mais.

No acumulado de janeiro a dezembro, a Europa, com mais 443 mil passageiros (+7,2%) foi determinante para o crescimento global, merecendo igualmente destaque África com uma subida de 7,5%, e a Venezuela com 12,6%. Os voos nacionais (tanto no continente como para as Regiões Autônomas), que revelaram uma queda ao longo da maior parte do ano, mostraram recuperação nos últimos meses, tendo mesmo atingido um aumento de 1% no volume de passageiros transportados.
fonte: panrotas

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Copa 2014: Anac avalia 1,5 mil pedidos de voos extras


Aviação , Com as novas solicitações, a cidade de Cuiabá terá o maior número de voos ofertados. Na foto, as obras no aeroporto Marechal Rondon
Com as novas solicitações, a cidade de Cuiabá terá o maior número de voos ofertados. Na foto, as obras no aeroporto Marechal Rondon
De acordo com um levantamento preliminar da Anac, 1.523 mil voos extras foram solicitados pelas companhias aéreas brasileiras para atender a demanda da Copa 2014, no período de 6 de junho e 20 de julho. 

As cidades com maior número de assentos ofertados nos pedidos de voos extras são: Cuiabá (48%), Campinas (41,6%), Guarulhos (36,5%), Natal (27,5%), Fortaleza (17,8%), Salvador (14%), Recife (13%) e Galeão (13%). As rotas mais pedidas são: desde o Rio de Janeiro para Buenos Aires (Argentina) e para Campinas (SP); e desde Fortaleza, Salvador e Brasília com destino Guarulhos (SP).

Anac irá divulgar as autorizações somente no dia 15 de janeiro. "Em 16 de janeiro, terá início o processo de alocação de slots para voos não regulares para cobertura do período dos jogos da fase de grupos (1ª fase) do Mundial, cujo calendário já estará definido. A partir dessa data, as empresas também poderão fazer modificações, sempre de acordo com a disponibilidade. No dia 24 de junho de 2014, será aberto prazo para solicitação de slots para voos não regulares para a fase eliminatória, tendo em vista que a definição desses jogos dependerá da fase anterior. A Anac informa que, nessa fase, as companhias poderão alterar voos com 24 horas de antecedência, desde que comuniquem aos passageiros e prestem a eles a assistência devida pela Resolução nº. 141/2010", diz o comunicado da empresa, divulgado em 6 de dezembro de 2013.
fonte:panrotas

American dá 75% de desconto para IPW em Chicago

Aviação ,

A American Airlines já está aceitando reservas para os participantes do IPW 2014, que ocorre de 5 a 9 de abril em Chicago. A empresa aérea dará 75% de desconto sobre a tarifa obtida pelo participante do evento. O desconto vale para todas as tarifas, inclusive executiva e primeira, exceto as tarifas P, R e I. 

As emissões devem ser realizadas até 4 de abril e a reserva deve obrigatoriamente conter Chicago (ORD) entre 5 e 9 de abril. A saída pode ser de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Salvador, Recife, Curitiba e Porto Alegre e o retorno deve ser feito até 30 de abril. Pagamentos podem ser feitos em cartão de crédito, débito ou dinheiro.

Os participantes devem fazer suas reservas pelos telefones 4502-4000 – São Paulo, 4502-5005 – Rio de Janeiro ou 0300-7897778 – demais cidades, das 7h às 23h. O desconto de 75% sobre a tarifa conseguida na reserva será dado com a inserção de um código feito pelo departamento de Vendas da AA. Assim, após fazer a reserva, o participantes do IPW deve enviar o localizador para os contatos abaixo na American, e aguardar a validação para emissão: 

BHZ – Simoni de Sa – simoni.desa@aa.com
BSB – Julia de La Fuente – Julia.Fuente@aa.com
CWB – Julia Christina Yamanishi – julia.c.yamanishi@aa.com
MAO – Claudia Chiozzi – claudia.chiozzi@aa.com
REC - Patricia Assunção – patricia.assuncao@aa.com
RIO – Daniella Barros – Daniella.debarros@aa.com
SAO – Julia Christina Yamanishi – julia.c.yamanishi@aa.com
SSA – Leandro Lustosa – Leandro.Lustosa@aa.com.

fonte: panrotas

Infraero é multada por irregularidades em aeroportos do Rio

Ação foi motivada pelo acidente ocorrido no último sábado, quando a menina argentina caiu do vão entre a escada rolante e o guarda-corpo no mezanino do terminal

Rio de Janeiro - Um dia após multar a Empresa de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) por irregularidades no Aeroporto Internacional Galeão/Antonio Carlos Jobim, agentes do Procon do Rio fiscalizaram hoje (7) o Aeroporto Santos Dumont e também encontraram falhas.
A ação do órgão foi motivada pelo acidente ocorrido no último sábado (4), quando a menina argentina Camila Palacios, de 3 anos, caiu do vão entre a escada rolante e o guarda-corpo no mezanino do terminal.
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Camila está lúcida e continua internada no Centro de Terapia Intensiva (CTI) para observação, mas ainda não tem previsão de alta.
No Galeão, além da irregularidade do espaço entre a escada rolante e o guarda-corpo, os agentes do Procon encontraram outros vãos fora da metragem de segurança na maior parte das escadas rolantes, similares ao do local do acidente. Alguns deles tinham espaço superior a 19 centímetros, podendo ser ultrapassado até por um adulto.
Para a secretária de Proteção e Defesa do Consumidor, Cidinha Campos, “omitir-se em caso de segurança, como está ocorrendo no aeroporto Tom Jobim, é motivo para mandar prender os responsáveis.”
A Infraero também foi autuada por outras irregularidades no Galeão.
Segundo o Procon, quatro elevadores e três bebedouros não estavam funcionando, a canaleta de alumínio da esteira estava solta, causando risco aos usuários, o banheiro para deficientes estava trancado e o ar-condicionado não funciona em dois setores do Terminal 1, na área de embarque.
No Aeroporto Santos Dumont, os agentes do Procon constataram problemas na prestação de serviços aos usuários e as condições de segurança do local.
De acordo com o órgão, o terminal não apresenta problemas com a distância entre o guarda-corpo e as escadas rolantes, mas uma delas estava inoperante no setor de embarque que leva do segundo ao terceiro piso e o ar-condicionado funcionava precariamente na área de embarque.
A assessoria da Infraero informou que recebeu a notificação do Procon. O documento será analisado.

A empresa vai se manifestar dentro do prazo estipulado pelo órgão. Sobre o acidente, a Infraero informou que está elaborando laudos técnicos para que sejam feitas as correções necessárias, mas que ainda não tem previsão de obras no local.

Azul solicitou autorização à ANAC para operar 27 voos extras no Carnaval.

Para atender a alta demanda durante o Carnaval, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras está reforçando suas operações nos destinos nacionais mais procurados por aqueles que buscam aproveitar o feriado. A companhia solicitou autorização à ANAC para operar voos extras no Carnaval. Serão ao todo 27 novas opções de horários a partir do aeroporto de Viracopos, em Campinas, para os seguintes destinos: Salvador, Porto Seguro, Florianópolis, Chapecó, Rio de Janeiro, Curitiba, Maceió, Recife e Fortaleza. Também serão disponibilizados voos extras a partir de Belo Horizonte para Porto Seguro e de Brasília para Salvador. Mais informações:www.voeazul.com.br.

SpiceJet faz pedido valendo mais de US$4 bi à Boeing

SpiceJet fez um pedido firme por até 42 aeronaves 737 MAX da Boeing, que oferecem economia de combustível em comparação à sua frota existente

Dubai/Paris -  A companhia aérea indiana SpiceJet fechou a compra de cerca de 40 aeronaves 737 da Boeing, avaliadas em mais de 4 bilhões de dólares a preços de tabela, disseram fontes da indústria, num movimento que poderá ajudar a deficitária empresa de baixo custo, que busca novos investidores.
O acordo inclui uma encomenda firme para 42 aviões737 MAX, que oferecem economia de combustível em comparação com a frota existente da SpiceJet, composta pela geração atual do 737, afirmaram as fontes.
O pedido chegaria a 4,4 bilhões a preços de tabela, desconsiderado ajuste pela inflação ou descontos.
A companhia indiana também negociou opções para duplicar a encomenda, pedindo outros 42 novos jatos dependendo de sua capacidade de crescer, acrescentaram fontes da indústria, que falaram sob condição de anonimato nesta terça-feira.
Um porta-voz da SpiceJet não quis comentar.
Na segunda-feira, a Boeing disse que companhias aéreas não identificadas tinham feito encomendas no final de 2013 para 164 dessas aeronaves, destinadas a rotas de média distância.
Fontes da indústria disseram que pelo menos parte do pedido da SpiceJet está incluído nessa última leva de compradores não identificados e, portanto, já faz parte da carteira de novos negócios da Boeing.
Um porta-voz da Boeing não quis comentar.