quinta-feira, 24 de julho de 2014

Acidente não é o primeiro no histórico da Air Algérie

São Paulo - Ainda são poucos os detalhes sobre o acidente envolvendo um avião da Air Algérie, mas, segundo informações de uma agência local, a aeronave teria caído com 116 pessoas a bordo e segue desaparecida.
A companhia aérea argelina é a principal do país africano e é controlada 100% pelo governo.
Com quase 70 anos de operação, a Air Algérie soma dezenas de acidentes em seu histórico, sete deles fatais. O último, em 2006, foi responsável pela morte de três membros da tripulação.
O maior acidente fatal, no entanto, envolvendo um avião da Air Algérie ocorreu em março de 2003, quando 102 pessoas a bordo morreram.
Frota 
A companhia tem uma frota de cerca de 50 aviões de diferentes modelos. Boa parte de suas aeronaves é do modelo Boeing 737-800, com capacidade para transportar mais de 160 passageiros.  
A Air Algérie voa para 39 destinos em 28 países na Europa, América do Norte, África, Ásia e Oriente Médio, além de operar voos regionais.

A aeronave desaparecida nesta quinta-feira saiu de Ouagadogou com destino à Argel, mas o contato com a tripulação foi perdido pouco tempo após a decolagem, quando o avião sobrevoava a região de Gao, no Mali.

Nenhum comentário:

Postar um comentário