sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Swiss aumenta voos e deve ter nova aeronave no Brasil

A Swiss tem um novo diretor para as Américas. Ele é Patrick Heymann, que, baseado em Nova York, iniciou na função em maio, vindo da Rússia, mas foi apresentado ao mercado brasileiro oficialmente esta manhã, em São Paulo. E chegou com novidades para o Brasil: em 27 de outubro, a companhia adiciona mais três voos semanais à rota Zurique-São Paulo, atualmente com um diário. Mais: a partir de 9 novembro e até 4 janeiro, um quarto voo será disponibilizado – eles partirão de São Paulo às segundas, quintas, sábados e domingos.

As quatro novas frequências, equivalentes a incremento de 57% na oferta, servirão como uma espécie de teste para o mercado brasileiro – se a resposta for positiva, a Swiss estudará mantê-los no futuro. “A rota do Brasil é uma das mais rentáveis”, revela Heymann, acrescentando que, historicamente, o trecho entre Zurique e São Paulo tem ocupação média perto dos 90%. 

Outra novidade anunciada pelo diretor é que, a partir de 2016, a frota de A340 da companhia será substituída por aeronaves B777 para as operações de longo curso – caso da de São Paulo, a segunda mais longa da Swiss, atrás apenas de Tóquio. As primeiras rotas a serem beneficiadas com a alteração na frota ainda não foram definidas, mas o time brasileiro da companhia suíça tem grande expectativa de que a capital paulista seja contemplada. 

Atualmente, além do Brasil, a Swiss voa nas Américas para os Estados Unidos (Nova York, Boston, Chicago, Miami, Los Angeles, São Francisco, Tampa e Las Vegas), Canadá (Montreal e Vancouver) e Cuba (Havana). São cerca de 20 mil assentos por semana para a região. Site: www.swiss.com


Panrotas

Nenhum comentário:

Postar um comentário