quinta-feira, 18 de setembro de 2014

GOL estuda a compra de aeronaves Embraer E2

Atualmente, a GOL opera com frota formada apenas de aeronaves da Boeing e sempre indicou que a operação com um único tipo de aeronave era estratégica


São Paulo - A GOL avalia a compra de aeronaves da Embraer. A empresa aérea está estudando adquirir aeronaves da nova geração de aviões da fabricante, os E2, possivelmente na maior versão oferecida pela companhia, os E195.
"A GOL está sempre avaliando novas oportunidades para seu negócio. No momento, estuda a possibilidade de comprar aeronaves da nova família Embraer E2. Estes jatos seriam utilizados em rotas que justifiquem a utilização de aeronaves com 130 a 140 assentos", afirmou a empresa ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.
Atualmente, a GOL opera com frota formada apenas de aeronaves da Boeing e sempre indicou que a operação com um único tipo de aeronave era estratégica, porque colaborava na eficiência de custos.
A incorporação de aeronaves menores, no entanto, pode fazer sentido para a companhia aproveitar o plano de aviação regional.
O plano, proposto pelo governo federal e em análise no Congresso Nacional, prevê, entre outras coisas, um subsídio para bilhetes aéreos em voos com origem ou destino em aeroportos regionais, mas o subsídio está limitado a 60 assentos por voo ou 50% dos assentos ofertados.
A nova família E2 foi oficialmente lançada em julho do ano passado.
A primeira entrega de uma aeronave E2 (o E190-E2) está prevista para o primeiro semestre de 2018. O E195-E2 está programado para entrar em serviço em 2019 e o E175-E2 em 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário