segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Ryanair ultrapassa 86 milhões de passageiros com aumento de 4,9 milhões em 2014

A low cost Ryanair, que opera em Portugal para Lisboa, Porto e Faro e já anunciou a intenção de voar para Ponta Delgada, atingiu em 2014 cerca de 86,3 milhões de passageiros transportados, mais aproximadamente 4,9 milhões (+6%) que em 2013, de acordo com os cálculos do PressTUR a partir dos dados que divulga mensalmente.



A companhia liderada por Michael O’Leary anunciou hoje que em Dezembro passado teve mais um mês de crescimento na ordem de 20% (cerca de 19,9%), com mais quase um milhão de passageiros que um ano antes, atingindo um total de 6,02 milhões.
O crescimento do número de passageiros em Dezembro, de acordo com os seus dados, mais uma vez superou largamento o aumento de capacidade, pelo que a percentagem de lugares vendidos em relação aos disponíveis subiu sete pontos, atingindo 88%.
Essa evolução, de acordo com os cálculos do PressTUR, traduziu-se numa redução do número de lugares vazios em voos na ordem de 30% ou 360 mil, ainda assim para aproximadamente 820 mil.
Nos 12 meses do 2014, os cálculos do PressTUR indicam que a Ryanair ficou com aproximadamente 13,7 milhões de lugares vazios, cerca de menos um quinto ou 3,5 milhões que em 2013.
Assim, a sua percentagem média de venda de lugares foi de aproximadamente 85,2%, em alta de cerca de 3,7 pontos.
A subida da percentagem de lugares vendidos em Dezembro é precisamente o aspecto destacado pelo CEO da Ryanair, Michael O’Leary, que inclusivamente diz que está a ser “melhor do que esperado” face ao aumento de capacidade que a companhia está a fazer desde que em finais de Outubro começou a época baixa da aviação, em cerca de 12,3% em Novembro e em cerca de 10,4% em Dezembro.
O’Leary atribui a subida da percentagem de lugares vendidos às “baixas tarifas”, à estratégia de vender mais cedo e “ao continuado êxito do programa para passageiros “Always Getting Better”.
“Com as nossas novas rotas, aumento de frequências, melhoria da experiência dos clientes e serviço Business Plus a Ryanair continua a entregar muito mais do que apenas baixas tarifas em todos os mercados em que operamos”, salienta O’Leary.
No início de Dezembro, a Ryanair reviu em alta a sua previsão de lucros no exercício 2014/2015 por estar a registar crescimento do tráfego acima do que antecipava no período de baixa (para ver mais clique aqui).
A companhia apontou então para ultrapassar no exercício, que termina a 31 de Março, os 90 milhões de passageiros.
Nos primeiros nove meses do exercício 2014/2015, desde o início de Abril até ao final de Dezembro de 2014, a Ryanair está com cerca de 72,1 milhões de passageiros, em alta de 6,9% ou cerca de 4,6 milhões.
No exercício 2013/2014, terminado a 31 de Março do ano passado, a Ryanair somou 81,7 milhões de passageiros, em alta de 3% ou 2,4 milhões.
A meta de 90 milhões anunciada no início de Dezembro passado para o exercício 2014/2015 significava um aumento médio na ordem de 20% ou aproximadamente 8,3 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário