segunda-feira, 31 de outubro de 2016

RENOVAÇÃO DA FROTA DA TAP JÁ ESTÁ EM MARCHA (COM VÍDEO)



A TAP está a renovar o interior de 48 aviões, num investimento previsto de 70 milhões de euros, e está a divulgar um vídeo em que mostra o processo de remodelação e o resultado do primeiro trabalho, feito no A319 Gago Coutinho.
Com a renovação, a TAP aumenta a capacidade dos aviões, passando a ter mais 12 lugares no caso dos aviões A319, e, através da utilização de materiais mais leves, retira 700 kg ao peso da aeronave.
O avião Gago Coutinho, com a matrícula CS-TTB, fez este Domingo o seu primeiro voo com a cabina totalmente nova, com destino ao Luxemburgo, operando o TP 694 e regressando na mesma noite a Lisboa com o código de voo TP 693.
Esta aeronave é a primeira de um projecto de renovação de 48 aviões, que conta com “várias empresas portuguesas como parceiras no seu desenvolvimento”, sublinha um comunicado da companhia aérea.
A cabina da classe executiva e a parte dianteira da cabina da classe económica passam a oferecer mais espaço entre cadeiras, designadamente 33 polegadas, cerca de 83 centímetros.
Os passageiros que viajam em executiva terão ainda acesso a tomadas, uma mesa de apoio e um ‘tablet holder’, além de que as suas cadeiras dispõem também de encostos para cabeça, com quatro opções de posição.
Em económica, os passageiros têm “uma opção igualmente moderna e ergonómica, com cadeiras pré-reclinadas”.
A nova cabina passa a contar “com dois tipos de novas cadeiras do mais avançado que existe hoje no mercado, os novos interiores estão aliados a uma imagem que apela à portugalidade, utilizando o vermelho e o verde, que são também as cores da companhia de bandeira portuguesa”.
“O design é integralmente português, da responsabilidade da Almadesign, que criou um conceito cuja materialização se faz com curvas graciosas, naturais e movimentos fluidos”, acrescenta a TAP.
O revestimento das novas cadeiras é pela primeira vez de produção portuguesa, da responsabilidade da Karmann Ghia de Portugal, sendo os couros utilizados, provenientes da também portuguesa Couro Azul.
Pressetur

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Boeing e UPS anunciou uma encomenda de 14 747-8 Freighters


Boeing e UPS anunciou uma encomenda de 14 747-8 Freighters. O acordo também inclui uma opção de compra de 14 adicional dos aviões de carga. 
"Estes aviões são um investimento estratégico para o aumento da capacidade para os clientes da UPS em todo o mundo", disse Brendan Canavan, presidente da UPS Airlines. "O 747-8 permitirá UPS para converter nossa rede em ambos os novos e existentes mercados."
O 747-8 Freighter é cargueiro mais eficiente do mundo, fornecendo aos operadores de carga, os custos operacionais mais baixos e melhor economia de qualquer grande cargueiro no mercado. Com a sua porta nariz icônico, o avião tem 16 por cento mais volume de carga de receitas do que o 747-400F. O avião também reduz a pegada de ruído em torno de um aeroporto em 30 por cento em comparação com o seu antecessor.
"A UPS não poderia ter escolhido um avião melhor para atender às suas crescentes necessidades de negócios", disse Brad McMullen, vice-presidente de Vendas da América do Norte e Leasing da Boeing Commercial Airplanes. "Nós continuamos a fazer o 747-8 Freighter ainda melhor, e estamos ansiosos para vê-UPS apresentá-lo à sua frota."

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Boeing Previsões Mundo Air Cargo tráfego para Crescer Long Term como economia se fortalece

A Boeing [NYSE: BA] projeta o tráfego aéreo de carga vai crescer a uma taxa anual de 4,2 por cento nos próximos 20 anos, com 930 novos e 1.440 cargueiros convertidos necessários para atender a demanda do mercado em 2035.
A empresa lançou seu bienal Mundial Air Cargo Forecast em TIACA (Associação International Air Cargo) Air Cargo Fórum e Exposição em Paris hoje.
"O mercado de carga aérea tem enfrentado vários anos de baixo crescimento tendencial", disse Randy Tinseth , vice-presidente de Marketing da Boeing Commercial Airplanes. "À medida que o comércio continua a se recuperar, estamos confiantes de que o mercado de carga aérea vai ver o crescimento no longo prazo."
Boeing prevê que o mercado de e-commerce será um dos principais fatores de condução que o crescimento, chegando a $ 3600000000000 , até 2020. Além disso, da China mercado de entregas expressas mantém em expansão, com uma taxa de crescimento de cinco anos de 55 por cento em volume e 39 por cento na receita.
A previsão mostra mercados ligados a Ásia vai levar todos os outros mercados internacionais em crescimento médio de carga aérea.Cargueiros dedicados ainda carregam mais de metade do tráfego de carga aérea e continuam a ser o principal fornecedor de capacidade de carga.
Boeing prevê que a frota de carga aérea mundial vai expandir em 70 por cento até 2035, somando um total de 2.370 cargueiros para o mercado. A previsão vê demanda por 550 grandes cargueiros, 380 de produção cargueiros meio de fuselagem larga, 400 cargueiros de conversão widebody e 1.040 cargueiros de conversão médios.
produtos boeing compõem mais de 90 por cento da capacidade cargueiro do mundo dedicada à. Boeing oferece solução integrada para os operadores do cargueiro, se eles carregam cargas expressas ou bens industriais.
"Aéreo de carga é fundamental para o comércio global, e Boeing oferece a linha mais completa de produtos na indústria", disse Tinseth. "Nossos aviões fornecem capacidade e vantagens de confiabilidade que ajudará nossos clientes a se adaptar e ter sucesso no mercado de carga aérea em evolução."
De cargueiros-corpo padrão para grandes cargueiros, a Boeing Cargueiro família tem uma seleção inigualável de capacidade e aptidão com economia superior. Boeing oferece uma família completa de cargueiros de produção - os 767-300, 777 e 747-8 Cargueiros -, bem como a 737BCF e 767-300BCF cargueiros de conversão.
2016 Mundial Air Cargo Forecast está disponível para download aqui . Boeing publicou a Bienal Mundial Air Cargo Forecast para as últimas três décadas.
Contato: Elizabeth Bieri Boeing Commercial Airplanes Communications +1 206-465-2438 elizabeth.e.bieri@boeing.com





FONTE Boeing

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

COPA AIRLINES CELEBRA 50 ANOS CONECTANDO A ESSÊNCIA DA COSTA RICA À AMÉRICA LATINA


•        A Copa Airlines estabelece sua liderança como a companhia aérea com maior presença contínua em solo costarriquenho
•        Como marco dos 50 anos, a companhia aérea consolida seu compromisso com a Costa Rica como a primeira empresa do setor licenciada como Marca País
•        A Copa Airlines opera mais de 100 frequências semanais conectando San José com mais de 70 destinos em 31 países, por meio do Centro de Conexões das Américas

 Copa Airlines {NYSE: CPA}, subsidiária da Copa Holdings, S.A., e membro da rede global de companhias aéreas Star Alliance, celebra seus 50 anos de operação permanente e sustentável na Costa Rica – compromisso histórico que se soma este ano à obtenção da licença como primeira empresa aérea Marca País.
Em dezembro de 1966, a Copa Airlines assumiu o desafio de inaugurar sua primeira rota internacional, conectando a Cidade do Panamá com San José, na Costa Rica, por meio de três voos semanais. Hoje, 50 anos depois, opera no país um total de 66 voos semanais a partir de e para a Cidade do Panamá, 14 voos semanais a partir de e para Manágua, 12 voos semanais a partir de e para a Cidade da Guatemala, e sete voos semanais a partir de e para Tegucigalpa. Além disso, a companhia aérea conecta Liberia, na província de Guanacaste, a partir de e para a Cidade do Panamá, com dois voos semanais.
“Nos transformamos na companhia aérea com maior presença em solo costarriquenho, colaborando de maneira significativa na ampliação de oportunidades para o desenvolvimento e crescimento econômico, comercial e turístico do país, e oferecendo a melhor conectividade aérea com o restante do continente americano”, comentou Pedro Heilbron, presidente executivo da Copa Airlines.
A Copa Airlines celebrou este fato histórico na Costa Rica com um concerto de gala no Teatro Nacional, que teve a presença do Presidente da República, Luis Guillermo Solís; do ministro de Turismo da Costa Rica, Mauricio Ventura; do presidente executivo da Copa Airlines, Pedro Heilbron; da gerente regional para América Central e gerente geral para a Costa Rica da Copa Airlines, Elisa Brenes, juntamente com a equipe de colaboradores da companhia aérea no país, entre outros.
Ao chegar a este importante aniversário, a Copa Airlines destaca-se como pioneira ao elevar o padrão da indústria aeronáutica na Costa Rica a um nível de classe mundial e ao dar ao costarriquenho acesso a uma conectividade internacional, graças ao Centro de Conexões das Américas no Panamá. Além disso, tem formado profissionais líderes na aviação, que refletem os valores da companhia aérea, e introduzido no mercado um produto consistente que valoriza a experiência do passageiro.
Além disso, estas cinco décadas são reconhecidas com a obtenção da licença Marca País, que faz da Copa Airlines a primeira companhia aérea licenciada como essencial COSTA RICA. Este posicionamento reforça o apoio da companhia aérea à promoção internacional do país, visando a impulsionar de maneira integral o turismo, as exportações e a atração de investimento estrangeiro direto para a Costa Rica.
“Nos enche de orgulho chegar a 50 anos de operação no país sendo essencial COSTA RICA, que além de reconhecer nosso compromisso e identificação com os valores de excelência, progresso social, sustentabilidade, inovação e origem costarriquenha, nos permitirá continuar e fortalecer a rota que, durante meio século, tem contribuído para o crescimento do país”, assinalou Elisa Brenes, gerente regional da Copa Airlines para América Central e gerente geral da Copa Airlines Costa Rica.
Ao longo destas cinco décadas, a Copa Airlines tem construído um vínculo forte e sustentável com a Costa Rica, não apenas por sua operação ininterrupta mas também por agregar valor ao país por meio da geração de postos de trabalho e sua contribuição para a indústria aeronáutica, empresarial e turística na Costa Rica.
Copa Airlines continuará a oferecer a melhor conectividade com o continente por meio do Centro de Conexões das Américas, na Cidade do Panamá, disponibilizando aos viajantes a partir de e para o país a mais ampla rede de rotas na América Latina, e brindando-os com o tradicional serviço de padrão mundial pelo qual é reconhecida.
Atualmente, a Copa Airlines opera uma média de 315 voos diarios por meio do Centro de Conexões das Américas, que o consolida como o aeroporto com mais voos internacionais em toda América Latina. Inclusive, a Copa Airlines conta com um índice de pontualidade de 91,69%, que recentemente a tornou merecedora do reconhecimento como a “Empresa aérea mais pontual da América Latina” e a segunda em nível mundial, pela companhia Official Airline Guide (OAG) de Londres.

Christophe Didier, vice-presidente de vendas da Copa Airlines, Pedro Heilbron, presidente executivo da Copa Airlines, Luis Guillermo Solis, presidente da República da Costa Rica, Elisa Brenes, gerente regional da Copa Airlines para América Central e Mauricio Ventura, Ministro do Turismo da Costa Rica

Boeing, a SWISS Confirmar Pedido adicional para 777-300ER


A Boeing [NYSE: BA] ea Swiss International Air Lines (SWISS) confirmou hoje uma nova ordem para um 777-300ER (Extended Range), no valor de $ 339.600.000 a preços de tabela. A companhia aérea Swiss tinha previamente ordenado nove 777 e feita a entrega de seis este ano, uma vez que continua a estabelecer o 777-300ER como seu carro-chefe. 
"O 777-300ER será a espinha dorsal da nossa frota de longo curso por muitos anos vindouros", disse Peter Wojahn , Diretor Técnico, Swiss International Air Lines. "Como uma das maiores operadoras do 777-300ER na Europa , podemos oferecer aos nossos passageiros frequência incomparável e conforto dos passageiros a uma série de mercados intercontinentais graças a este avião super-eficiente a longo prazo."
O 777-300ER é o mais combustível e avião de custo-eficiente em sua classe, bem como a aeronave de corredor duplo mais confiável do mundo. Ele também tem a maior capacidade de carga de qualquer avião de passageiros.
"Nós valorizamos os lugares SWISS continuou a confiança no programa 777 e estamos honrados que o 777-300ER continuará a desempenhar um papel de destaque nos planos de expansão da companhia", disse Monty Oliver , vice-presidente de vendas europeias da Boeing Commercial Airplanes.
O 777-300ER tem consistentemente ganhou muitos prêmios, incluindo "Melhor Tipo de Aeronave" com base em pesquisas de preferência de passageiros, "Best in Class", baseado na queima de combustível, custo de ocupação e de desempenho e "Melhor valor residual para um gêmeo Aisle Avião", entre outros.
FONTE Boeing

LATAM Airlines Brasil é Top of Mind pela oitava vez com a marca TAM



Empresa recebe prêmio Top of Mind, da Folha de S.Paulo, pela marca TAM como a mais lembrada pelos brasileiros na categoria “Companhia Aérea”, com 35% das citações
Lançada no primeiro semestre deste ano, a nova identidade LATAM já desponta na lembrança dos pesquisados, com 1% das menções

A LATAM Airlines Brasil teve sua marca anterior, TAM, como a mais lembrada pelos brasileiros na categoria “Companhia Aérea” pela oitava vez na premiação Top of Mind, com 35% das citações dos pesquisados. O prêmio realizado pela Folha de S.Paulo está em sua 26ª edição e utiliza como base pesquisas do Instituto Datafolha.
O levantamento também revela que a marca LATAM, lançada no primeiro semestre deste ano, já é percebida pelas pessoas com 1% das menções dos pesquisados.
“Este reconhecimento mostra que continuamos no caminho certo com o nosso propósito da marca, que é cuidar para que os sonhos cheguem ao seu destino. Com a união da TAM com a LAN, que formou a marca LATAM, ofereceremos um melhor serviço aos clientes, com um produto mais consistente, uma cultura única de serviços, canais de atendimento integrados e uma maior agilidade no desenvolvimento de inovações” afirma Daniel Aguado, gerente sênior de Comunicação e Marca da LATAM Airlines Brasil.
Para o resultado de 2016, foram entrevistadas 7.247 pessoas de 217 municípios distribuídos por todas as regiões do Brasil, abordando ao todo 59 categorias, o maior número já pesquisado pelo Datafolha. A inciativa foi a primeira do gênero de abrangência nacional e a tornar público os seus resultados, que antes ficavam restritos às empresas.
 A cerimônia de premiação ocorreu ontem, 25 de outubro, no Tom Brasil Nações Unidas, em São Paulo.

TAP VAI MOSTRAR INTERIOR DO A330NEO NA WEB SUMMIT


A TAP vai ser a primeira companhia aérea a operar um avião A330neo da Airbus equipado com a nova versão de cabina Airspace e vai apresentá-lo no seu stand na conferência Web Summit, marcada para os dias 7 a 10 de Novembro.
Os participantes no evento terão oportunidade ver “os interiores da cabina dos futuros aviões, naquela que será uma estreia na demonstração da nova cabina ao grande público não ligado à aviação”, sublinha um comunicado da companhia aérea.
“Os visitantes do expositor da TAP na Web Summit poderão assim ver o novo e inovador design da cabina do avião, experimentar as suas confortáveis cadeiras de Executiva e ainda realizar uma viagem virtual pela aeronave”, acrescenta a mesma nota.
A TAP encomendou em Abril 14 aviões A330-900neo.
David Neeleman, accionista da TAP através do consórcio Atlantic Gateway, é um dos oradores da Web Summit, com uma apresentação agendada para 10 de Novembro, às 10h, no Pavilhão 3, no palco do sector de Marketing.

SAS faz a entrega de seu primeiro A320neo


Transportadora aérea líder da Escandinávia se torna operador de combustível mais eficiente corredor único do mundo
Scandinavian Airlines (SAS), tomou a entrega de seu primeiro de 30 A320neo aviões encomendados, tornando-se o primeiro Arline na Escandinávia para operar eficiente aeronaves de corredor o mundo mais de combustível único.
SAS ordenou o A320neo como parte de sua estratégia para modernizar a sua frota com mais aeronaves em combustível, redução do impacto ambiental, como as emissões e ruído das aeronaves. O A320neo irá juntar-se a frota Airbus já existente da SAS de 25 aeronaves da Família A320, oito A330 e oito A340.
A320neo do SAS está configurado em classe única confortável com 174 assentos. O avião é equipado com motores LEAP-1A CFM internacionais e será implantado em curto para rotas de médio curso a partir de suas bases domésticas escandinavos para destinos em toda a Europa.

A Família A320 é best-seller linha de produtos de corredor único do mundo, com mais de 12.750 encomendas desde o lançamento e mais de 7.200 aeronaves entregues a mais de 300 operadores em todo o mundo. A Família A320neo incorpora as mais recentes tecnologias, incluindo motores de nova geração e dispositivos de ponta de asa Sharklet, que juntos oferecem mais de 15 por cento em economia de combustível desde o primeiro dia e 20 por cento em 2020.

AVIANCA AIRLINES HOLDINGS transportou mais de 2,4 milhões PASSAGEIROS

Em setembro, as controladas da Avianca Holdings SA (NYSE: AVH) (BVC: PFAVH) (*) mobilizou 2'419.235 passageiros, um aumento de 5,2% em comparação com o número de passageiros transportados no mesmo mês de 2015. A capacidade, medida em ASKs (assentos disponíveis por quilômetro voado) aumentou 3,0%, enquanto o tráfego de passageiros medido em RPKs (passageiro-quilômetro voado pagamentos) aumentou 8,1%. A taxa de ocupação foi de 81,9%, um aumento de 3,8 pontos percentuais em relação ao mesmo período do ano passado.
Estes resultados são devido à revitalização do tráfego de passageiros nos mercados da América do Sul e América do Norte, que registrou aumentos significativos de 12,1% de ocupação e 10,5%, respectivamente.
Durante setembro, a rota Bogotá-Santiago-Bogotá registrou um aumento de 32,8% no número de passageiros, enquanto a rota Bogotá-Rio de Janeiro registrou um aumento de 28,9%.
Na América do Norte, vias de tráfego mais passageiros eram Bogotá-Nova York, que registrou um aumento de 28,7%, New York-Medellín, com 18,4%; e México-San Salvador, com 26,0%.
Vale ressaltar o desempenho da rota Bogotá-Londres, que atingiu crescimento de 12,9% na taxa de ocupação de passageiros. Em geral, as rotas para a Europa obteve um excelente desempenho, com ocupações de 90% mais elevados.
Destinos na América Central e no Caribe, Panamá e Punta Cana, também alcançou resultados significativos no número de passageiros transportados.
mercados interno da Colômbia, Peru e Equador
Em setembro, as companhias aéreas filiadas AviancaTaca transportados dentro de cada um destes mercados um total de 1'451.213 viajantes, um aumento de 3,9% em relação ao valor registrado no mesmo mês de 2015. A capacidade (ASK) aumentou 2,2% durante o mês, enquanto o tráfego de passageiros (RPK) aumentou 4,0%. Como um resultado, o fator de ocupação neste mês situou-se em 78,8%, um aumento de 1,4 pontos percentuais em relação ao mesmo mês do ano passado.
Entre janeiro e setembro 2016 13'120.211 viajantes mobilizados na Colômbia, Peru e Equador, registrando um crescimento de 3,6% em relação ao mesmo período de 2015. A capacidade (ASK) nestes mercados aumentaram 2,1%, enquanto o tráfego de passageiros (RPK) aumentou 4,6%. A taxa de ocupação foi de 78,4%. 
mercados  
Em setembro, as companhias aéreas Avianca integradas realizadas 968,022 passageiros Holdings em rotas internacionais, 7,2% acima do mobilizou no mesmo mês de 2015. A capacidade (ASK) cresceu 3,2%, enquanto o tráfego de passageiros ( RPKs) aumentou 9,3%. Como um resultado, a ocupação nas rotas internacionais foi de 82,8%, um aumento de 4,6 pontos percentuais em relação ao mesmo período do ano passado.
Durante os primeiros nove meses de 2016, o número de passageiros que utilizam grupo aéreo em rotas internacionais totalizaram 8'693.618, um aumento de 4,4% em relação ao número de passageiros entre Janeiro e Setembro de 2015. A capacidade (ASK) cresceu 7,6%, e o tráfego de passageiros (RPK) aumentou 7,6%. Assim, a ocupação nas rotas internacionais durante este período foi de 80,6%.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

TAP PROGRAMA VOOS EXTRA DE/PARA A VENEZUELA PELO NATAL E ANO NOVO


A TAP informou hoje as agências de viagens portuguesas que vai ter ligações suplementares de Lisboa e do Funchal para Caracas a 15 e 22 de Dezembro e a 5 de Janeiro de 2017.
No dia 15 a companhia voa de Lisboa para Caracas e no regresso da capital venezuelana ruma ao Funchal e só depois Lisboa.
O ‘inverso’ passa-se no dia 5 de Janeiro, em que a companhia voa de Lisboa para o Funchal e seguidamente Caracas, de onde depois regressa directamente à capital portuguesa.
No dia 22, a companhia faz Lisboa - Caracas - Lisboa.
De acordo com a informação às agências de viagens portuguesas a que o PressTUR teve acesso a companhia programou esses voos suplementares “dada a procura na época natalícia e de modo a satisfazer a comunidade madeirense a residir na Venezuela e os familiares que a visitam.
A companhia diz ainda que já tem esses voos suplementares “abertos à venda” nos GDS.
 Pressetur

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Gol é acusada de pagar propina de R$ 3 milhões a Eduardo Cunha


A Operação Lava Jato conseguiu desvendar mais um escândalo de corrupção envolvendo o nome de Eduardo Cunha. Dessa vez, além do ex-deputado, as empresas ligadas a GOLLinhas Aéreas estão envolvidas no suborno pago ao ex-presidente da Câmara dos Deputados. 
De acordo com o pedido de prisão de Eduardo Cunha, a Gol Linhas Aéreas e empresas de publicidade pagaram cerca de 3 milhões de reais ao ex-deputado. O suborno foi realizado como forma de reduzir o preço dos combustíveis. Os procuradores consideram o pagamento efetuado como propina.

Eduardo Cunha é preso

O Ministério Público colocou o suborno da companhia aérea como um dos vários motivos para que Eduardo Cunha fosse preso. Contudo, na solicitação de prisão do ex-deputado, o juiz Sérgio Moro utilizou de outros argumentos para emitir o mandado de prisão.
Eduardo cunha pode ser visto como uma ameaça para muitas empresas, que podem o ter subornado em prol de algum benefício. Afinal, o ex-deputado pode utilizar da delação premiada para diminuir a pena pelos crimes cometidos. As investigações descobriram que a Gol pagou R$ 3 milhões de reais. Contudo, o valor pode ser maior e outras empresas podem estar ligadas ao esquema de corrupção.
Gol subornou Eduardo Cunha
A credibilidade e a reputação são partes valiosas de todas as empresas. O fato do nome da companhia aérea estar ligada a escândalos de corrupção, envolvendo pagamento de suborno, é extremamente prejudicial. Nenhuma empresa quer ser vista como uma instituição que descumpre as leis. A Lava Jato acusa a Gol Linhas Aéreas com provas. O velho ditado diz: "contra provas, não há argumentos". A empresa responderá pelos seus atos.
O site da Folha de São Paulo informou que a companhia aérea respondeu "que recebeu o pedido da Receita Federal para dar esclarecimentos sobre alguns investimentos publicitários realizados pela empresa". A Gol afirma que já começou a verificar, por meio de auditoria independente externa, para apurar o fatos.
Fonte:blasting

APEX Expo 2016 - Singapore: Airbus com foco em conectividade e escolha para as companhias aéreas e os passageiros


APEX EXPO Singapura, Estande # 739 - Airbus apresenta suas mais recentes inovações da cabine este ano no APEX Expo, em Cingapura - evento dedicado do mundo para os serviços experiência de entretenimento de passageiros durante o voo, de conectividade e de passageiros. Através da sua participação, a Airbus vai anunciar notícias e demonstrar suas mais recentes inovações e conceitos aos membros APEX e da mídia. Esta é a primeira vez que um APEX Expo está sendo realizada na Ásia, refletindo a importância da região no mercado de transporte aéreo que mais cresce no mundo.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Frontier Airlines recebe seu primeiro A320neo

Airline é o primeiro em os EUA para obter A320neo com motores CFM


Frontier Airlines, com sede em Denver, Colorado (EUA), teve a entrega hoje de seu primeiro A320neo. Frontier é a primeira companhia aérea americana a receber um A320neo com motores CFM, ea aeronave é a primeira das 80 aeronaves A320neo família a transportadora low-cost ordenou. Todos os aviões A320neo família de Fronteira será equipado com motores CFM International LEAP-1A. 
"Estamos animado para receber nosso primeiro A320neo", disse Barry Biffle, Presidente e CEO - Frontier Airlines."A eficiência do A320neo nos ajudará a reduzir os custos ainda mais e passar essas economias junto aos nossos clientes." 

"Estamos orgulhosos de entregar a primeira aeronave A320neo movidos a CFM em os EUA para nosso cliente avaliado Frontier Airlines", disse John Leahy, da Airbus Chief Operating Officer - Clientes. "Agora fornecida aos operadores em três continentes, a Família A320neo é a aeronave de escolha entre companhias aéreas do mundo." 
Cada uma das aeronaves A320neo família da Frontier contará com leve Sharklets compósito, de 2,4 metros / dispositivos de altura de ponta de asa 94 polegadas e novos motores LEAP-1A do CFM que forneçam aos operadores com melhorias de dois dígitos no consumo de combustível e CO 2 de emissões - com a 15 redução percentual aquando da entrada em serviço. 
Além dos A320neo entregues hoje, Frontier opera atualmente uma frota de 64 aeronaves Airbus, incluindo 30 A319, 24 A320 e 10 A321. Sua carteira atual de aeronaves Airbus é composta por 18 A319neo, 2 A320ceo, 61 A320neo e 6 A321ceo. 
Frontier teve a entrega de sua primeira aeronave Airbus em 2001 e, desde então, transformada em um all-Airbus, all-A320 da frota da família, permitindo que a companhia aérea para otimizar a eficiência e economia, simplificando as operações de formação de tripulantes e de manutenção. A Família A320 também oferece a cabine de corredor único mais confortável no céu em um total de sete polegadas mais largo do que aeronaves concorrentes permitindo 18 "assentos -Wide na economia conforto como padrão. 
A Família A320neo incorpora as mais recentes tecnologias, incluindo motores de nova geração e Sharklets, que juntos proporcionam uma economia de mais de 15 por cento de combustível desde o primeiro dia e 20 por cento em 2020. Com mais de 4.800 ordens recebidas de 87 clientes desde o seu lançamento em 2010, o A320neo família conquistou uma quota de 60 por cento do mercado. 


TAP JÁ VENDE TARIFAS SÓ DE IDA PARA VOOS INTERCONTINENTAIS


A TAP começou esta quarta-feira, dia 19, a vender tarifas só de ida para os seus voos intercontinentais, ficando assim “entre as primeiras companhias aéreas da Europa a permitir aos passageiros esta flexibilidade”.
As tarifas só de ida para voos intercontinentais estão à venda desde quarta-feira, dia 19, para viagens a efectuar a partir de 15 de Novembro, especifica um comunicado da TAP.
As tarifas apresentam-se “sem restrições associadas, designadamente ao nível da não obrigatoriedade de tempo mínimo e máximo de estada entre voo de ida e voo de regresso”, salienta essa nota.
A TAP pretende desta forma possibilitar aos seus clientes a reserva de viagens para destinos intercontinentais “com total liberdade de escolha de datas e tarifas, de forma simples e transparente”.
Esta estratégia “enquadra-se na nova política comercial da TAP, cuja prioridade é proporcionar ao cliente, em cada momento, as opções tarifárias mais competitivas e que melhor se adequem às suas necessidades de viagem”.

Pressetur

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

TAP REVELA CRESCIMENTOS A TRÊS DÍGITOS NOS VOOS DE/PARA ESTADOS UNIDOS E NA ‘PONTE AÉREA’ LISBOA - PORTO


A TAP informou hoje que regista um crescimento do tráfego de/para os Estados Unidos em 104,5% e que a sua ‘ponte área’ Lisboa - Porto resultou num aumento em 102,1% do tráfego entre as duas maiores cidades portuguesas.
Essas informações constam de um comunicado da companhia aérea em que pela primeira vez divulga alguns dados de tráfego, sem chegar a aproximar-se, no entanto, do que fazem as suas congéneres de referência, que têm institucionalizado divulgar mensalmente um conjunto de dados operacionais, incluindo tendência de evolução dos preços.
A informação divulgada hoje pela TAP indica que em Setembro transportou 1,16 milhões de passageiros, com um aumento em 4,7% relativamente ao mês homólogo de 2015, e que atingiu uma taxa média de ocupação dos voos de 85,5%, com uma subida de 2,4 pontos em relação a Setembro de 2015.
Dados a que o PressTUR teve acesso mostram que apesar dessa recuperação, a companhia ainda não chegou à taxa média alcançada em Setembro de 2014, de 86,7%, que foi a mais elevada desse ano, bem como do ano de 2013.
Ainda de acordo com esses dados, também em número de passageiros a recuperação ocorrida não permitiu ainda à TAP bater o seu recorde de passageiros num mês de Setembro, atingido em 2014, com 1,18 milhões.
Porém, como destaca o comunicado, a TAP considera que os seus indicadores de tráfego já começam a mostrar o resultado “do processo de transformação actualmente em curso” na companhia, designadamente a reestruturação da rede de ligações, “com alterações na oferta e reduções pontuais em algumas rotas deficitárias no primeiro trimestre do ano, compensando, por outro lado, com o reforço da capacidade noutros mercados de maior procura, tendo em vista melhorar o seu resultado operacional”.
Um desses mercados é a América do Norte, onde, segundo a mesma informação, com a introdução de voos para Boston e para Nova Iorque - JFK a TAP aumentou a sua capacidade em 92,4%.
Embora a informação não o especifique, esse crescimento foi seguramente a base do aumento de passageiros em voos intercontinentais, que a TAP indica ter sido em 11,3% no mês de Setembro, mas sem especificar como evoluíram origens/destinos de grande peso na sua actividade como o Brasil e Angola.
“De igual modo, o sector de médio curso da companhia – incluindo a Europa e domésticos – teve um desempenho também positivo, com um crescimento de 2,7 por cento no tráfego transportado, aumentando para o total de 882.508 passageiros”, acrescenta o comunicado, que neste caso especifica que o crescimento teve “maior incidência no sector doméstico, para o qual contribuiu, nomeadamente, o aumento de 102,1% do tráfego na linha entre Lisboa e Porto após o lançamento da Ponte Aérea ligando as duas cidades, no final de Março”.
A informação avança a finalizar que “na mesma linha de crescimento, a TAP atingiu neste mês de Setembro uma taxa de ocupação (load-factor) de 85,5 por cento em toda a rede, o que demonstra uma subida de 2,4 pontos percentuais relativamente a igual período de 2015, com destaque para o sector intercontinental que atingiu 86 por cento de load-factor, um aumento de 5,6 pontos percentuais”.

Uma viagem de 10.000 aeronaves e contagem: espírito pioneiro da Airbus e compromisso com a construção do futuro


Impulsionada por uma paixão pela aviação e um desejo de criar melhores maneiras de voar, o excesso de quatro década de história de sucesso da Airbus é agora uma conquista que se estende por 10.000 aeronaves - a partir do A300 para o A350 XWB e mais além.
Com a entrega de um A350-900 a Singapore Airlines hoje, Airbus marcou a 10.000 th aeronaves fornecidas aos clientes em todo o mundo desde a entrega inicial do fabricante da aeronave em 1974. Essa conquista reforça o crescimento contínuo da empresa que transformou um arrivista Europeia em 1970 para um líder do mercado global agora a oferecer uma linha de produtos modernos e abrangentes que variam de 100 a mais de 600 assentos.

"Construção e entrega de 10.000 aeronaves é uma conquista notável e importante passo em nossa jornada que reflete o trabalho duro, dedicação e pensamento criativo dos funcionários da Airbus passado e do presente", disse Fabrice Brégier, Airbus Presidente e CEO. "Enquanto nos preparamos para o futuro pela frente, este espírito continuará a ser uma parte fundamental do nosso sucesso contínuo."
liderança contínua
As entregas de cada membro Airbus "família" têm contribuído para este marco - desde a pedra fundamental A300 de médio curso e A310 para o best-seller linha de produtos de corredor único A320, A330 de longo alcance / 340 família, nova geração do A350 XWB e dupla A380 -Deck.
Ao longo da história da Airbus, estes aviões comerciais foram ligadas por valores comuns de inovação contínua, eficiência operacional incomparável e conforto superior - características que os operadores e passageiros em todo o mundo têm firmemente apoiados. 
Até à data, a frota global Airbus já realizou mais de 110 milhões total de vôos e voado cerca de 215 biliões de quilómetros (distância suficiente para viajar da Terra ao Sol cerca de 1.500 vezes). aeronaves Airbus já transportou mais de 12 milhões de passageiros em serviço comercial - uma figura que representa aproximadamente o dobro da população mundial.

Uma família recorde de aeronaves
Cada membro da linha de produtos da Airbus também um "record-breaker" - começando com o A300, o primeiro widebody, bimotor jetliner. A Família A320 atualmente detém a marca como a aeronave mais comum em serviço comercial, enquanto o último ano A330 família voou mais voos do que qualquer outro widebody.
O A340 é o detentor do recorde para executar o serviço non-stop de passageiros mais longo de sempre regulares: a 15,000-plus-km. luta entre o Aeroporto de Changi e Newark operado pela Singapore Airlines. O A350 XWB está pronto para seguir estes passos com a versão A350-900 gama Ultra-Long, que a Singapore Airlines selecionou para retomar o serviço a partir de Singapura para a área de Nova York.
Completando frota recorde da Airbus é o A380, que é a maior aeronave em serviço comercial e voa oito das 10 rotas mais longas que operam hoje.
Sucesso que abrange o mundo inteiro
As entregas de aeronaves Airbus foram recebidos pelos clientes em todas as regiões do mundo - liderado pela Ásia-Pacífico e seguido pela Europa, América do Norte, América Latina e Caribe, Oriente Médio e África, juntamente com transferências para locadores, governo e operadores de jato particular.
Por sua vez, a Airbus desenvolveu suas instalações de produção em escala internacional para aumentar a capacidade e permanecer ainda mais perto de clientes. Com as expansões de sua fabricação Europeu e locais de montagem final, bem como a abertura de novas linhas de montagem final em os EUA ea China para a Família A320, o sol nunca se põe na rede da Airbus.
Esta rede global crescente está impulsionando aumento da empresa em volume de produção - com destaque para o fato de que 10.000 Airbus ' th de entrega está ocorrendo pouco mais de um ano e meio após a sua 9.000 ª entrega.
Moldando o futuro
Em taxas de produção atuais, a Airbus espera entregar a sua 20.000 th aeronaves em aproximadamente uma década - levando cerca de um quarto do tempo para produzir o seu segundo 10.000 aviões em comparação com o primeiro 10.000.
Entre essas entregas futuras será uma nova geração de serviço de entrada aeronaves Airbus - incluindo esses produtos de última lançado como o A320neo (nova opção de motor), A330neo e A350 XWB. Estes aviões estão prontos para mais uma vez ajudar a Airbus estabelecer novos padrões no transporte aéreo e levar o sucesso da empresa para a frente.
"O nosso desejo de transformar ainda mais a indústria mantém-se intacta", disse Didier Evrard, Airbus Vice-Presidente Executivo - Chefe de Programas. "Vamos continuar a melhorar o desempenho ambiental, reduzir o ruído, desenvolver novos serviços e melhorar as capacidades operacionais. Vamos nos esforçar para permanecer na vanguarda quando se trata de aeronaves conectado, o conforto dos passageiros, e adotando tecnologias disruptivas "