terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Gol faz acordo de leniência e paga multa de R$ 12 milhões



A Gol Linhas Aéreas informou, em fato relevante comunicado ao mercado, que firmou um acordo de leniência com o Ministério Público Federal, na noite de ontem (12), em que se compromete a pagar multas que totalizam o valor de R$ 12 milhões. A companhia foi apontada pelo MPF de ter feito pagamentos a empresas do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), entre os anos de 2012 e 2013.

A companhia aérea, em comunicado oficial, declara que contratou uma auditoria externa para investigar o assunto, e que o processo se encontra em curso. Nos termos estabelecidos pelo acordo, a Gol se obriga, dentre outras coisas, a pagar multas e penalidades e, em contrapartida, o MPF se obriga a não propor ação criminal ou cível contra a aérea ou seus proprietários.

De acordo com a companhia, até o momento não foram encontrados indícios de envolvimento de empregados e administradores nas negociações de tais contratações – ou mesmo o conhecimento desses em eventuais “propósitos ilícitos” ou na beneficiação da Gol por parte de alguma das contratações.

Ainda em comunicado oficial, a Gol afirma que continuará cooperando com as autoridades pertinentes e apoiando a auditoria externa independente até a sua conclusão, tomando as medidas necessárias para assegurar a eficácia e independência dos trabalhos.

O Acordo de Leniência será submetido à homologação pela 5ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal, bem como à homologação judicial pela 13ª Vara da Justiça Federal de Curitiba.

Fonte: Panrotas

Nenhum comentário:

Postar um comentário