quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

RYANAIR TAMBÉM ‘SOBE A PARADA’ EM BARCELONA. PRÓXIMO OBJECTIVO: 7,1 MILHÕES DE PASSAGEIROS


Poucas horas depois de anunciar um reforço das suas operações em Madrid, avançando com o objectivo de chegar a 6,7 milhões de passageiros por ano, a low cost Ryanair avançou com idêntica estratégia para Barcelona, segundo maior aeroporto espanhol, indicando que neste caso o seu objectivo é 7,1 milhões de passageiros por ano.
Tal como em Madrid, coube ao director de Marketing, Kenny Jacobs, avançar as novidades para Barcelona, entre as quais a introdução de novas rotas para Cracóvia, Luxemburgo, Praga e Veneza, bem como passar de sazonal no Verão a anual as rrotas de Bruxelas Charleroi e Nápoles e aumentar a frequência de voos nas rotas de Bolonha, Budapeste, Gran Canária, Ibiza, Málaga, Palma e Tenerife, passando a contar com 386 voos por semana em 45 rotas.
Dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pelo PressTUR mostram que a Ryanair, embora sendo a maior companhia em Espanha, com 39,836 milhões de passageiros em 2016 (+13,4% ou mais 4,69 milhões que em 2015), não é líder nem em Madrid nem em Barcelona.
A nº 1 em Madrid é a Iberia, com 13,59 milhões de passageiros em 2016, seguida pela Air Europa, com 7,565 milhões, pela Ryanair, com 6,129 milhões, a Iberia Express (subsidiária da Iberia), com 4,415 milhões), e a Air Nostrum, franchisada da Iberia para voos regionais, com 2,996 milhões.
No Aeroporto de Barcelona, a nº 1 é a Vueling, low cost do IAG de que fazem parte a British Airways e a Iberia, seguida pela Ryanair, com 6,783 milhões, a easyJet, com 2,799 milhões, sem contar com 400 da sua subsidiária easyJet Switzerland), a Lufthansa, com 1,4 milhões, e a Air Europa, com 1,28 milhões).

Nenhum comentário:

Postar um comentário