quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

LATAM revela mais detalhes de suas novas cabines


O Grupo LATAM Airlines apresenta o desenho de suas novas cabines com um vídeo virtual. Durante os próximos dois anos, a companhia transformará os interiores e a experiência a bordo de mais de 200 aviões, o que significa aproximadamente dois terços de sua frota global.
O tour virtual da aeronave Boeing 787-9 da LATAM mostra os interiores renovados e a nova cabine Premium Business dos aviões que operam voos de longa distância entre a América do Sul e destinos na Europa, América do Norte, África, Ásia e Oceania.
Em agosto de 2018, a LATAM anunciou um investimento de 400 milhões de dólares para transformar as cabines de mais de 200 aeronaves de longo e curto alcance em toda a sua rede. A LATAM Airlines Peru e a LATAM Airlines Brasil receberão a primeira nova aeronave no início de 2019.
"As novas cabines nos permitirão oferecer uma experiência a bordo líder da indústria com mais opções, flexibilidade e personalização para atender melhor todos os nossos passageiros", afirma Claudia Sender, vice-presidente de clientes do Grupo LATAM Airlines. "Nossa cabine Premium Business proporcionará conforto, privacidade e um novo e inigualável conceito de serviço, de forma que os passageiros possam chegar a seus destinos descansados e prontos para continuar sua viagem. Ao mesmo tempo, nossa nova cabine Economy oferecerá mais conforto, além de mais opções para melhorar os serviços e adaptar a experiência de viagem conforme as preferências de cada passageiro", complementa a executiva.

Uma nova experiência Premium Business 
A nova cabine Premium Business da LATAM será gradualmente introduzida na frota de longo alcance do grupo, incluindo os atuais Boeing 767 e Boeing 777.
Cada um dos assentos Thompson, de desenho personalizado, oferecerão mais privacidade e acesso direto ao corredor, bem como configurações para passageiros que viajam sozinhos ou acompanhados. Os assentos reclinam 180°, tornando-se uma cama totalmente plana, e contarão com entretenimento de bordo de última geração, com uma tela pessoal Panasonic de até 18", além de amplo espaço para armazenar itens pessoais.
Para complementar as novas cabines, a LATAM também está transformando seu serviço Premium Business para garantir um ambiente tranquilo e que permita que os passageiros cheguem aos seus destinos descansados e renovados. Para oferecer essa experiência, as novidades incluem: um conceito de refeições projetadas para promover e acompanhar um descanso de qualidade, novos protocolos de serviço para a tripulação de cabine com menos interrupções, além de roupas de cama e colchões de alta qualidade para maximizar o conforto de cada assento “full flat”.
Mais opções em Economy 
As aeronaves que efetuam voos de longa duração da LATAM também contarão com uma cabine Economy renovada, que oferecerá aos passageiros um novo visual, mais conforto e um sistema de entretenimento de última geração, com uma seleção incomparável de conteúdo. Além disso, haverá mais opções para melhorar a experiência de viagem, incluindo os assentos LATAM+, que oferecem mais espaço, maior ângulo de reclinagem e serviços premium, como embarque prioritário.
Em voos de longa distância, a LATAM continuará a oferecer aos passageiros da Economy o serviço de bordo que inclui uma ampla seleção de culinária gourmet de inspiração regional e que recebeu o reconhecimento de Excelência em Serviços de Alimentação nos prêmios PAX International Readership 2018.
Voos dentro da América do Sul
Para passageiros que viajam em voos domésticos e rotas na América Latina, a LATAM está transformando as cabines de mais de 150 aeronaves Airbus A320 e A321. As cabines contarão com o LATAM Play, que oferece o principal serviço de entretenimento a bordo da região, além de assentos projetados ergonomicamente, oferecendo maior conforto e entradas USB de carregamento rápido. Da mesma forma, os passageiros terão a oportunidade de melhorar sua experiência escolhendo pelos Assentos LATAM+, que oferecem mais espaço, tomadas elétricas individuais, compartimentos superiores pessoais e serviços premium, como check-in e embarque prioritário.
Um processo colaborativo 
O processo de aperfeiçoamento do design das cabines da LATAM foi realizado durante três anos e a companhia consultou passageiros e especialistas do setor, bem como a tripulação de cabine e membros da equipe da LATAM. Para formatar seu assento Premium Business, o Grupo inclusive simulou voos com testes de sono por um período de duas semanas.

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

EUROATLANTIC NEGOCEIA FAZER VOOS PARA A CUBANA DE AVIACIÓN QUE PRECISA TIRAR MÉDICOS DO BRASIL


Eugénio Fernandes, CEO da euroAtlantic, confirmou ao PressTUR que a companhia de aviação portuguesa está em negociações para alugar uma aeronave à Cubana de Aviación, numa altura em que a transportadora cubana está em missão de retirada de médicos cubanos do Brasil.
Fonte do mercado disse ao PressTUR que a companhia estatal cubana, que opera ligações entre Madrid e Cuba, suspendeu a comercialização de algumas rotas esta semana, por estar a realizar a operação de retirada de médicos cubanos do Brasil, após o fim de um programa de cooperação entre os dois países imposto pelo novo presidente eleito Jair Bolsonaro.
A imprensa brasileira avançou este mês que o governo cubano decidiu deixar o programa Mais Médicos, através do qual Cuba envia profissionais de saúde para o Brasil desde 2013, devido a “referências directas, depreciativas e ameaçadoras” à presença de médicos cubanos no Brasil feitas por Jair Bolsonaro.
A Cubana de Aviación, de acordo com uma fonte do PressTUR, reabriu hoje as vendas dos seus voos, por ter chegado a acordo para alugar um avião a uma companhia de aviação portuguesa.
Eugénio Fernandes, CEO da euroAtlantic, questionado pelo PressTUR durante o Congresso da APAVT, a decorrer em Ponta Delgada, Açores, não confirmou a existência de um acordo, indicando apenas que estão a decorrer negociações com a companhia cubana, para a qual já efectuou vários voos no passado.
“O que podemos dizer é que é óbvio que estamos a negociar com a Cubana. Nós operamos para a Cubana há 13 anos. Há 13 anos que todos os anos nesta altura do ano precisam de capacidade adicional. Por isso, sim, estamos a negociar”, disse o executivo.
As rotas para as quais a euroAtlantic poderá voar pela Cubana serão “o normal, Madrid – Havana, Buenos Aires – Havana”, disse Eugénio Fernandes, acrescentando que, contudo, ainda não estão definidas, nem rotas, nem datas, porque “as negociações são difíceis”.
No início de Agosto, citado num comunicado da euroAtlantic a assinalar 25 anos de actividade da empresa, o proprietário e presidente do Conselho de Administração, Tomaz Metello, afirmou que “a marca euroAtlantic já faz parte do património das palavras cubanas”, recordando a sua actividade como exportadora de serviços ACMI (aluguer que inclui avião, tripulação, manutenção e seguro) para a companhia aérea Cubana de Aviácion

LATAM realiza promoção para destinos nacionais e internacionais para a Black Friday

A LATAM Airlines Brasil deu início, às 20h30 de hoje (22), à ação especial para a Black Friday, com saídas de diversas cidades brasileiras. Os valores promocionais referem-se às viagens em classe econômica a serem realizadas de fevereiro a junho de 2019, de acordo com o destino. As tarifas, a partir de R$ 95 (o trecho, com as taxas inclusas) em voos domésticos, e R$ 602 (ida e volta, com as taxas inclusas) em voos internacionais, estarão disponíveis até as 23h59 de domingo (25).
De destinos nacionais, é possível encontrar bilhetes a partir de R$ 95 (o trecho, com as taxas inclusas) para voos entre São Paulo/Guarulhos e Bauru. Para voos de Brasília a Rio de Janeiro/Santos Dumont, a promoção conta com passagens a partir de R$ 107 (o trecho, com as taxas inclusas).
A LATAM também oferece passagens mais baratas para destinos internacionais. Na promoção da Black Friday, o cliente encontra tarifas especiais para destinos na América do Sul, com voos a partir de R$ 602 (ida e volta, com as taxas inclusas), de Porto Alegre a Santiago (Chile). Do Rio de Janeiro/Galeão para Buenos Aires (Argentina), há bilhetes a partir de R$ 625 (ida e volta, com as taxas inclusas), e de São Paulo/Guarulhos a Montevidéu (Uruguai), a partir de R$ 768 (ida e volta, com as taxas inclusas).
Para quem quiser aproveitar e ir para os Estados Unidos, também há tarifas especiais. Para Miami, com saídas de Fortaleza ou Salvador, é possível encontrar passagens a partir de R$ 1.240 (ida e volta, com as taxas inclusas) e R$ 1.463 (ida e volta, com as taxas inclusas), respectivamente. Para a volta dos voos temporários a Las Vegas durante a alta temporada, com saídas de São Paulo/Guarulhos, há bilhetes a partir de R$ 2.583 (ida e volta, com as taxas inclusas).
Os interessados em visitar a Europa podem encontrar tarifas a partir de R$ 2.113 (ida e volta, com as taxas inclusas) de São Paulo/Guarulhos para Roma (Itália). Para Barcelona (Espanha), os bilhetes saem a partir de R$ 2.398 (ida e volta, com as taxas inclusas), com saídas de São Paulo/Guarulhos.
Para os destinos da Oceania, há tarifas a partir de R$ 3.390 (ida e volta, com as taxas inclusas), de Porto Alegre a Melbourne (Austrália), e a partir de R$ 3.955 (ida e volta, com as taxas inclusas), de São Paulo/Guarulhos para Auckland (Nova Zelândia).
Nesse mesmo período, as passagens aéreas também estão disponíveis para resgates promocionais na Multiplus, a partir de 3.000 mil pontos Multiplus (com taxas a partir de R$ 24,57) por trecho nos voos domésticos e a partir de 17.000 pontos Multiplus (com taxas a partir de R$ 373,54) para ida e volta nos voos internacionais.
Os bilhetes aéreos em promoção podem ser adquiridos pelo site www.latam.com, lojas LATAM, LATAM Travel, agências de viagem ou pelo site da Multipluswww.pontosmultiplus.com.br. O valor pode ser parcelado em até 12 vezes em qualquer cartão de crédito aceito pela companhia.
Confira algumas ofertas:
*Válidos para voos operados pela LATAM Airlines Brasil (LATAM), em classe econômica, sujeitos à disponibilidade de assentos, regras e restrições específicas no perfil de cada tarifa. As ofertas são válidas para bilhetes emitidos entre 20h do dia 22/11/2018 e 23h59 do dia 25/11/2018. Para voos nacionais, as viagens podem ser realizadas entre 01/02/2019 e 15/06/2019. Os valores não são válidos para viagens iniciadas ou finalizadas de 27/02/2019 a 11/03/2019 e de 17/04/2019 a 22/04/2019. Para voos internacionais, as viagens podem ser realizadas entre 06/12/2018 e 30/06/2019.
Para voos nacionais, o valor promocional será aplicado para viagens onde a data de volta for, pelo menos, dois dias depois da ida, sendo o retorno no mesmo aeroporto da chegada.
Resgates a partir de 3.000 pontos Multiplus, mais taxas a partir de R$ 24,57, para voar entre 01/02/2019 e 15/06/2019, válidos para o trecho de voos nacionais operados pela LATAM, por passageiro e para a cabine econômica. Resgates a partir de 8.500 pontos Multiplus, mais taxas a partir de R$ 109,74 válidos para o trecho de destinos internacionais, para voar entre 01/12/2018 e 30/06/2019, por passageiro, para a cabine econômica. Voos sujeitos a disponibilidade de assentos e para emissão de passagens entre as 20h do dia 22/11/2018 e as 23h59 do dia 25/11/2018. Ofertas válidas para todas as categorias do programa LATAM Fidelidade, e sujeitas à disponibilidade no período da promoção. Mais informações estão disponíveis no site latam.com.   
Os preços em dólar (US$) serão convertidos pelo câmbio do dia da compra e os preços divulgados em reais foram calculados pelo câmbio de R$ 3,72 de 31/10/2018, prevalecendo, contudo, o câmbio da data da compra.
Parcelamento em até 12 vezes, sendo até a 4ª parcela sem juros e a partir da 5ª parcela com juros, parcela mínima de R$ 35, válido para todos os cartões de crédito aceitos pela LATAM, de pessoa física e emitidos no Brasil, considerando exclusivamente o valor de tarifa anunciada, não sendo possível o parcelamento da taxa de embarque e de eventual adicional de emissão, condição válida apenas para compras no site LATAM.
As informações integrais e detalhadas sobre as regras/restrições das tarifas anunciadas, alteração de datas, reembolso, remarcação, cancelamento, vigência da viagem, descontos para crianças e pontuação no Programa LATAM Fidelidade estão disponíveis para consulta no site www.latam.com, lojas LATAM, LATAM Travel e demais canais de vendas (exceto central telefônica de vendas, LATAM Fidelidade e serviços).   

Fonte: LATAM Airlines Brasil
Relações com a imprensa

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Lucro líquido da Azul fica em R$ 238,3 mi

A receita líquida, ajustada para o impacto da greve dos caminhoneiros, cresceu 20,5% ante um ano antes, para R$ 2,069 bilhões

companhia aérea Azul registrou um lucro líquido ajustado de R$ 238,3 milhões no segundo trimestre de 2018, revertendo o prejuízo de R$ 38,6 milhões registrado em igual período do ano passado.
O valor desconsidera itens não recorrentes contabilizados no balanço deste trimestre, no valor de R$ 283,3 milhões. Um deles é o impacto operacional da greve dos caminhoneiros no resultado da Azul, que foi de R$ 57 milhões, sendo uma perda de R$ 51,2 milhões em receita e um aumento de R$ 5,8 milhões nas despesas, registradas em outras despesas operacionais.
Já o outro evento não recorrente é a despesa de R$ 226,3 milhões relacionada à venda de seis E-Jets, principalmente devido à diferença não-caixa entre o preço de venda dessas aeronaves e seu valor contábil registrado. O valor também inclui uma provisão para despesas de manutenção que a empresa espera incorrer para devolver os jatos. “Embora tenhamos registrado uma perda contábil associada à venda dos E-Jets, o preço de venda dessas aeronaves foi maior do que a dívida em aberto, resultando em uma geração de caixa”, acrescenta a Azul, em relatório que acompanha o balanço.
Considerando esses itens, a companhia teria reportado um prejuízo líquido de R$ 45,0 milhões no período.
De abril a junho, o Ebitda (lucro operacional antes de juros, impostos, depreciação, amortização e custos com leasing de aeronaves) ajustado somou R$ 521,4 milhões, um crescimento de 10,9% ante igual intervalo de 2017, com margem Ebitdar ajustada de 25,2%, 2,2 pontos porcentuais menor na comparação anual.
Incluídos no cálculo os efeitos não recorrentes do trimestre, o Ebitda teria ficado em R$ 238,1 milhões.
O resultado operacional (Ebit) ajustado atingiu R$ 75,8 milhões, uma queda de 23,3% no comparativo anual. A margem Ebit alcançou 3,7%, queda de 2,1 pontos porcentuais ante o segundo trimestre de 2017 devido à depreciação de 12,2% do real e ao aumento de 20,2% do preço do combustível, diz a Azul.
A receita líquida, ajustada para o impacto da greve dos caminhoneiros, cresceu 20,5% ante um ano antes, para R$ 2,069 bilhões. Esse desempenho reflete, segundo a empresa, o fortalecimento da demanda, o aumento em receitas auxiliares e a expansão de 18,6% de capacidade.
Por fim, a companhia mostrou um ganho financeiro líquido de R$ 65,7 milhões no trimestre, comparado a uma despesa financeira líquida de R$ 158,3 milhões entre abril e junho de 2017.
Fonte: Exame Por Letícia Fucuchima, da Reuters

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

LATAM Airlines anuncia voo direto e inédito entre Porto Alegre e Santiago



O Grupo LATAM Airlines acaba de iniciar as vendas de passagens aéreas para o voo direto e inédito entre Porto Alegre e Santiago (Chile). Os bilhetes já podem ser adquiridos em latam.com e demais canais de venda da companhia, que será a única a oferecer esta operação. 
 
Em 15 de janeiro de 2019, decolará o primeiro voo da companhia na rota, que será operado três vezes por semana. As viagens indiretas entre Porto Alegre e Santiago já contam com grande fluxo de passageiros, que agora poderão voar diretamente entre as duas cidades em uma operação com apenas três horas de duração. 
 
“Porto Alegre-Santiago é mais do que um voo inédito, pois representa também uma opção mais conveniente para o cliente, com economia de até três horas por trecho para os turistas e os passageiros corporativos que já se deslocam entre as duas cidades”, afirma Jerome Cadier, CEO da LATAM Airlines Brasil. “De forma sustentável, estamos reforçando ainda mais o nosso compromisso em oferecer a maior e melhor rede de voos e destinos da América do Sul, para seguirmos como a companhia aérea que mais conecta a nossa região”. 
 
Com a nova operação, o Grupo LATAM Airlines vai oferecer um total de três rotas diretas entre Brasil e Chile. Atualmente, a companhia já transporta diariamente 1.600 passageiros entre os dois países, permitindo rápidas conexões na capital chilena para outros destinos na América do Sul e na Oceania. 
 
Isto é possível porque Santiago é um dos principais hubs (centros de conexão) da LATAM, com voos diretos para outras 124 cidades na América Latina, incluindo as principais metrópoles da região (Buenos Aires, Lima, Bogotá e Quito, por exemplo) e disputados destinos turísticos como Machu Picchu, Torres del Paine, Galápagos, Cartagena das Índias, entre outros. A partir da capital chilena também é possível acessar destinos no Pacífico como Melbourne, Sydney, Auckland, Papeete e Ilha de Páscoa.
 
Programação do voo Porto Alegre-Santiago
 
O novo voo Porto Alegre-Santiago será operado por aeronaves Airbus A320 configuradas com 174 assentos em classe Economy. 
 
Nas terças, quintas e sábados, o voo LA742 está programado para decolar do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, às 21h (hora local) e pousar em Santiago às 23h25 (hora local), em uma viagem com 3 horas e 25 minutos de duração.
 
No sentido inverso, também às terças, quintas e sábados, o voo LA743 está programado para decolar do aeroporto Arturo Merino Benítez, em Santiago, às 16h (hora local) e pousar em Porto Alegre às 20h10 (hora local), em uma viagem com 3 horas e 10 minutos de duração.

Fonte: Latam

terça-feira, 31 de julho de 2018

Legay 500 na feira de Farnborough

Norwegian Air solicita direito de voar para o Brasil

Ampliação de operações na América do Sul: a Norwegian Air solicitou os direitos através de sua subsidiária no Reino Unido (Marcos Brindicci/Reuters)

Oslo – A companhia aérea Norwegian Air solicitou direitos de tráfego no Brasil para possíveis voos de Londres, disse o porta-voz Lasse Sandaker-Nielsen nesta segunda-feira.

“Estamos vendo o Brasil como um mercado muito interessante, especialmente de Londres, onde os preços estão altos e há pouca concorrência, por isso acreditamos que é um mercado com grande potencial”, afirmou.

“Agora cabe às autoridades brasileiras decidirem. Estamos buscando oportunidades para iniciar em 2019”, disse ele, acrescentando que a Norwegian provavelmente oferecerá vários voos por semana.

A Norwegian Air solicitou os direitos através de sua subsidiária no Reino Unido.

Embraer: variação cambial faz posição de dívida líquida ir a R$ 2,7 bi


     Ao final de junho de 2017, a companhia tinha uma posição de dívida líquida de R$ 2,188 bilhões

Embraer encerrou o segundo trimestre deste ano com um caixa total de R$ 12,882 bilhões, o que implica uma posição de dívida líquida de R$ 2,781 bilhões – ou seja, piorando ante a posição de dívida líquida de R$ 2,521 bilhões no primeiro trimestre, principalmente em função da variação cambial do período. Ao final de junho de 2017, a companhia tinha uma posição de dívida líquida de R$ 2,188 bilhões.
O endividamento da Embraer atingiu R$ 15,663 bilhões ao final de junho deste ano, um aumento de R$ 1,747 bilhão (+12,5%) ante o registrado em março. Já no segundo trimestre do ano passado, a dívida da companhia era de R$ 13,934 bilhões.
Ao final do segundo trimestre de 2018, as dívidas de curto prazo somavam R$ 1,392 bilhão, enquanto o endividamento de longo prazo totalizava R$ 14,272 bilhões.
Considerando o perfil da dívida, o prazo médio do endividamento recuou de 5,7 anos no fim de março para 5,6 anos em junho. Nesse mesmo período, a relação do Ebitda nos últimos 12 meses ante as despesas sobre os juros caiu de 2,67 vezes para 1,76 vez.
O custo da dívida em dólar ao final do junho era de 5,26% ao ano, comparado aos 5,22% a.a. ao final de março. Já o custo da dívida em reais subiu de 3,40% a.a. em março para 3,47% a.a.
A fabricante de aeronaves terminou o segundo trimestre com 12% de sua dívida total denominada em reais, ante 14% no encerramento do trimestre passado. A Embraer reforça que a estratégia de alocação de caixa da companhia continua sendo uma das principais ferramentas para a mitigação do risco cambial. Ajustando a alocação do caixa em ativos denominados em reais ou dólares, a empresa tenta neutralizar sua exposição cambial. Ao final de junho deste ano o caixa alocado em ativos denominados em dólares era de 81% (contra 79% no encerramento de março).
Para 2018, cerca de 45% da exposição em real está protegida caso o dólar se desvalorize abaixo de R$ 3,32. “Para taxas de câmbio acima deste nível, a empresa se beneficiará até um limite médio de R$ 3,75 por dólar”, diz a Embraer.
Fonte:Exame

segunda-feira, 30 de julho de 2018

LATAM Airlines confirma que voo São Paulo-Joanesburgo passará a ser operado diariamente




O Grupo LATAM Airlines informa que adicionará duas frequências semanais à operação São Paulo-Joanesburgo, o que permitirá oferecer o voo diariamente entre as duas cidades. Atualmente, São Paulo-Joanesburgo é operado cinco vezes por semana a partir do principal hub (centro de conexões) da LATAM no aeroporto de Guarulhos. Inicialmente, o acréscimo das duas frequências ocorrerá a partir de 5 de abril de 2019, mas é possível que este incremento seja antecipado e anunciado oportunamente pela companhia.
 
A LATAM é a única companhia latino-americana a oferecer voo direto para o continente africano e o novo investimento na rota reforça a relevância da sua operação. Além do turista, também sairá beneficiado o passageiro corporativo, que agora contará com a conveniência de um voo diário para as viagens entre as duas regiões.
 
O incremento também reflete o planejamento estratégico da LATAM para abrir mercados sustentáveis e seguir como a companhia aérea com a melhor conectividade da América Latina. As passagens aéreas para as novas frequências já estão disponíveis em latam.com e demais canais de venda.
 
As novas frequências da rota São Paulo-Joanesburgo
 
No trecho São Paulo-Joanesburgo, a partir do aeroporto de Guarulhos, serão adicionadas novas operações às sextas e domingos, com decolagem sempre às 17h55 (hora local), em um voo com 10 horas e 20 minutos de duração.
 
No sentido inverso (Joanesburgo-Guarulhos), a partir do aeroporto O.R.Tambo, serão adicionadas novas operações às segundas e sábados, com decolagem sempre às 11h35 (hora local), em um voo com 11 horas e 25 minutos de duração.
 
Todas as novas frequências também serão operadas por aeronaves Boeing 767, que acomodam 190 passageiros em classe Economy e  30 em Premium Business.
 
A expansão internacional da LATAM
 
O Grupo LATAM Airlines segue fortalecendo a sua rede de destinos internacionais. Somente em 2017, foram inauguradas 13 novas rotas internacionais. Para 2018, a companhia já anunciou 17 novas rotas internacionais e, a partir do Brasil, estreou voos como Brasília-Punta Cana (janeiro), São Paulo-Roma (março), São Paulo-Mendoza (março), Salvador-Miami (abril), São Paulo-Las Vegas (junho), São Paulo-Tucumán (junho), Fortaleza-Orlando (julho) e São Paulo-Boston (julho).
 
Os próximos novos destinos já confirmados para 2018 são Lisboa (estreia em setembro) e Tel Aviv (estreia em dezembro). A companhia também anunciou a intenção de voar para Munique (voo ainda pendente de aprovação das autoridades).
 
Com o lançamento das novas rotas, o Grupo LATAM Airlines vai oferecer voos para 143 destinos em 26 países, seguindo como a companhia aérea da América do Sul que mais conecta a sua região com outras partes do mundo.

fonte:LATAM Airlines Brasil
Relações com a imprensa