quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

AIR INDIA SEGUE AS COMPANHIAS AÉREAS MEMBROS DA STAR ALLIANCE NO TERMINAL 2 DE HEATHROW / TERMINAL DA RAINHA


A Air India, companhia aérea membro da Star Alliance, transferiu com sucesso suas operações no Aeroporto de Heathrow, em Londres, do Terminal 4 para o Terminal 2, o lar da Star Alliance. A companhia nacional da Índia opera até oito voos diários de e para Heathrow com suas aeronaves Boeing 777 ou Boeing 787 Dreamliner e tem servido Londres há cerca de 70 anos. Atualmente, oferece dois voos diários para Delhi, um diário para Mumbai, quatro semanais para Ahmedabad e três semanais para Newark (Nova York).
"Com 24 de nossas companhias aéreas afiliadas voando para Heathrow, o aeroporto é servido pelo maior número de empresas da Star Alliance todos os aeroportos do mundo onde a rede atua. Dessa forma, nossa estratégia de longo prazo para Heathrow é sempre alocar nossas afiliadas sob o mesmo teto. Com a mudança bem-sucedida da Air India para o Queen´s Terminal (Terminal 2), agora realizamos isso", disse o CEO da  Star Alliance, Jeffrey Goh.
Em comparação com o Terminal 4, a disposição e concepção do check-in no Terminal 2 permite aos clientes ter maior controle sobre sua viagem. Isso tem sido possível por meio de uma combinação do aumento dos check-ins automatizados e comuns. Os passageiros que não fizeram o check-in online podem fazê-lo em um dos 81 balcões disponíveis no Terminal 2. Também é possível imprimir os cartões de embarque e as etiquetas de bagagens. Após o check-in, os passageiros da Air India podem despachar as malas nos guichês da Zona D. Clientes que demandam assistência adicional ou viajam na Primeira Classe, Classe Executiva ou possuem o status de Star Alliance Gold também vão encontrar os respectivos guichês na Zona D.
Os passageiros da Air India voando na Primeira Classe ou na Executiva ou que são portadores do Star Alliance Gold podem usar um dos quatro lounges operados pelos membros da Star Alliance no Terminal 2: Air Canada, Lufthansa, Singapore Airlines e United.

“Desde que começamos as operações no Terminal 2 de Heathrow, temos recebido um retorno positivo dos passageiros sobre a novidade. Temos certeza que os cerca de 1 mil passageiros da Air India que utilizarão o Terminal 2 todo dia perceberão uma melhora significativa em suas experiência de viagem”, afirmou Goh. “Isto irá acontecer com as centenas de viajantes que fazem conexão entre a Air India e outras companhias aéreas da Star Alliance via Heathrow diariamente. Agora, eles podem fazer isso com conforto em apenas um terminal, sem a necessidade de utilizar ônibus para essa transferência no aeroporto”, acrescentou.
A ideia de ter todas as companhias aéreas membros da Star Alliance operando no mesmo terminal em Heathrow surgiu com o operador do aeroporto há mais de uma década e tornou-se realidade quando o Terminal 2 - Terminal da Rainha foi inaugurado, em junho de 2014. Entre a inauguração e outubro de 2014, 23 afiliadas da Star Alliance transferiram-se para o Terminal 2. A Air India tornou-se membro da Aliança no mesmo ano e, desde então, trabalhou para adaptar seu processo ao conceito docheck-in oferecido no Terminal 2.  
A operação a partir de apenas um terminal em Heathrow garante que as companhias aéreas afiliadas da Star Alliance proporcionem aos 12 milhões de passageiros anuais dessas empresas uma melhor experiência de viagem, incluindo conexões mais rápidas. Novas tecnologias são usadas em todo terminal para propiciar aos passageiros mais controle sobre suas viagens.
As empresas aéreas membros da Aliança que atuam em Heathrow são Aegean Airlines, Air Canada, Air China, Air India, Air New Zealand, ANA, Asiana Airlines, Austrian, Avianca, Brussels Airlines, Croatia Airlines, EGYPTAIR, Ethiopian Airlines, EVA Air, LOT Polish Airlines, Lufthansa, Scandinavian Airlines, Singapore Airlines, South African Airways, SWISS, TAP Portugal, Turkish Airlines, THAI e United. Juntas, elas operam mais de 117 voos por dia para 44 destinos em 27 países a partir de Heathrow. Cada um desses voos permite acesso à rede da Aliança superior a 18.450 voos diários para 1.300 aeroportos em 190 países.

Nenhum comentário:

Postar um comentário