quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Flyways Linhas Aéreas tem início das operações hoje.

   foto - flayways
A Flyways Linhas Aéreas marcará o início das operações da companhia em Minas Gerais, hoje, a partir das 10h, no aeroporto de Pampulha, em Belo Horizonte. Além da presença do diretor-presidente da companhia aérea, Pedro Valverde, e do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Altamir Rôso, a solenidade contará com o presidente da Infraero, Antônio Gustavo Matos do Vale, e os prefeitos das cidades que serão contempladas com os voos regionais, como é o caso do Aeroporto Mário de Almeida Franco, em Uberaba. “Depois de uma série de negociações com o Estado, a Flyways anuncia o início das operações com rotas ligando o aeroporto de Pampulha a diversos municípios do Estado”, ressaltou.
Segundo a direção da empresa, as primeiras regiões a receberem os voos regionais serão: Alto Paranaíba, Vale do Aço, Zona da Mata e Triângulo Mineiro. Depois, segundo Altamir, existe uma expectativa da empresa oferecer, à medida que for aumentada a demanda, outras rotas à população. “Nessa ocasião, serão abertos os guichês de atendimento no aeroporto de Pampulha, apresentando o modelo das aeronaves que serão utilizadas, bem como as rotas que serão primeiramente disponibilizadas”, informou.
De acordo com informações recebidas pelo JORNAL DE UBERABA, após a referida solenidade, o representante da Flyways vai assinar o documento na Infraero, em Brasília, que, segundo o diretor-presidente Pedro Paulo Valverde Júnior, terá condições de colocar uma data correta sobre o início das operações no aeroporto de Uberaba, que prevê três voos semanais: terças, quartas e sextas-feiras, com saída de Belo Horizonte por volta das 9h50 e, depois,19h40. A companhia, inicialmente, vai utilizar duas aeronaves ATR-72, com 68 assentos, bem como foram contratados cerca de 60 funcionários nessa fase inicial. “Com o anúncio das operações da Flyways aos cidadãos que precisam se deslocar do interior para Belo Horizonte ou vice-versa, haverá mais conectividade e negócios para Minas Gerais”, finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário