quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013


Sindicatos da Iberia convocam 15 dias de greve

Segundo o sindicato, haverá três blocos de cinco dias de greve, de 18 a 22 de fevereiro, de 4 a 8 de março e de 18 a 22 de março

Iberia: a Iberia anunciou na semana passada que propôs aos sindicatos um plano que prevê a supressão de 3.147 empregos, em vez dos 4.500 anunciados anteriormente.

Madri - Os sindicatos da Iberia convocaram nesta quarta-feira os funcionários da companhia aérea espanhola a 15 dias de greve em fevereiro e março, depois do fracasso da negociação com a direção sobre seu plano de ajuste.
Segundo o sindicato, haverá três blocos de cinco dias de greve, de 18 a 22 de fevereiro, de 4 a 8 de março e de 18 a 22 de março.
Membro do International Airlines Group (IAG) após sua fusão com a British Airways em janeiro de 2011, a Iberia anunciou na semana passada que propôs aos sindicatos um plano que prevê a supressão de 3.147 empregos, em vez dos 4.500 anunciados anteriormente.
Esta reestruturação responde à vontade do grupo de reduzir 15% de suas capacidades. Dentro de seu plano de ajuste, a Iberia decidiu suprimir várias de suas rotas aéreas mais deficitárias.
Anunciou, assim, em dezembro o fim dos voos a Havana e Santo Domingo, ao mesmo tempo em que Montevidéu e San Juan de Porto Rico perdiam a conexão direta.
A companhia aérea previu, por sua vez, aumentar em 2013 o número de voos entre Espanha e Brasil, México, Miami, América Central, Chile e Equador, assim como em direção a Londres, e na África para Casablanca, Argel, Nuakchot, Dacar e Malabo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário